Contos machadianos: radiografias psicossociais

  • Ana Maria Vieira Silva UFMG
Palavras-chave: Allmas agradecidas, Machado de Assis,

Resumo

Este trabalho se propõe a analisar no conto de Machado de Assis, "Allmas agradecidas", duas metáforas - a máscara e a fenda -, as quais correspondem, respectivamente, à hipocrisia e à ascensão social recursos considerados imprescindíveis nas convenções sociais não só contemporâneas a Machado de Assis, quanto em toda a história da civilização humana, e aqui mostradas pelo autor através da ironia que é a principal marca estilística da singular obra machadiana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ASSIS, Machado de. Contos. São Paulo: Ática, 1994.

BOSI, Alfredo. Machado de Assis; o enigma do olhar. São Paulo: Ática, 1999. p. 73- 123: A máscara e a fenda.

COUTINHO, Afrânio. Machado de Assis na literatura brasileira. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1960.

PEREIRA, Lúcia Miguel. Machado de Assis; estudo crítico e biográfico. 6. ed. Belo Horizonte: Itatiaia, 1988. p. 155- 165: Confissões.

Publicado
22-03-2000
Como Citar
Silva, A. M. V. (2000). Contos machadianos: radiografias psicossociais. Scripta, 3(6), 44-52. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/10333
Seção
Dossiê: Machado de Assis