Nas trilhas da sedução: Eça e Machado

  • Elza Miné USP
Palavras-chave: No moinho, Uns braços, Eça de Queirós, Machado de Assis, termo seduzir,

Resumo

A comunicação propõe a leitura dos contos "No moinho" e "Uns braços", de Eça de Queirós e Machado de Assis, respectivamente, enquanto engendramentos narrativos direcionados por vertentes de significação distintas que o termo "seduzir" comporta. Nesse sentido, examina procedimentos e modos de ficcionalização de um e outro texto, procurando focalizar o tratamento da sedução em ambos os autores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ASSIS, Joaquim Maria Machado de. Contos: uma antologia. São Paulo: Cia. das Letras, 1998, 2v.

BAUDRILLARD, Jean. A transparência do mal: ensaio sobre os fenômenos extremos. Trad. Estela dos Santos Abreu. Campinas: Papirus, 1990, p. 177.

BOSI, Alfredo. Machado de Assis: o enigma do olhar. São Paulo: Ática, 1999. p. 116-117.

DUARTE, Maria do Rosário da C. A inscrição da leitura na ficção queirosiana. O primo Basílio. 150 anos com Eça de Queirós. In: ENCONTRO INTERNACIONAL DE QUEIROSIANOS. 3. Anais... São Paulo: Centro de Estudos Portugueses, Área de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, FFLCH, USP, 1997, p. 348-354.

QUEIROZ, Eça de. Contos. Lisboa: Dom Quixote, 1989.

Publicado
22-03-2000
Como Citar
Miné, E. (2000). Nas trilhas da sedução: Eça e Machado. Scripta, 3(6), 74-80. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/10348
Seção
Dossiê: Machado de Assis