Reflexões sobre a República, em Machado de Assis

  • Maria Antonieta Pereira UFMG
Palavras-chave: Machado de Assis, República,

Resumo

Tendo presenciado, ao final do século XIX, eventos decisivos da História do Brasil, Machado de Assis, em vários de seus textos ficcionais, aborda importantes aspectos relativos ao surgimento de tendências republicanas no país. As contradições geradas pela nova organização social, discutidas no romance Esaú e Jacó e nos contos "Teoria do medalhão" e "A sereníssima República", são objeto de nossa análise que busca investigar a presença de conceitos relativos à República e à nacionalidade no Brasil, nos conflitos culturais e ambivalências lingüísticas abordados pelo autor enquanto análise do cotidiano nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, Manuel Antônio de. Memórias de um sargento de milícias. São Paulo: Ática, 1991.

ASSIS, Machado de. Papéis avulsos. Rio de Janeiro; Belo Horizonte: Garnier, 1989.

ASSIS, Machado de. Esaú e Jacó. Rio de Janeiro; Belo Horizonte: Garnier, 1988.

ASSIS, Machado de. Notícia da atua l literatura brasileira: instinto de nacionalidade. In: COUTINHO, Afrânio. (Org.). Obra completa: poesia, crônica, crítica, miscelânea e epistolário. v. 3. Rio de Janeiro: Aguilar, 1959. p. 815-823.

BROCA, Brito. Machado de Assis e a política; e outros estudos. Rio de Janeiro: Simões, 1957.

CANDIDO, Antonio. Formação da literatura brasileira: momentos decisivos. Belo Horizonte:

Itatiaia, 1981.

CANDIDO, Antonio. O discurso e a cidade. São Paulo: Duas cidades, 1993. p. 19-54: Dialética da malandragem.

ZAGURY, Eliane. Texto introdutório. In: ALMEIDA, Manuel Antônio de. Memórias de um sargento de milícias. 18. ed. São Paulo: Ática, 1991, 368p. (Tomo I, 3).

Publicado
22-03-2000
Como Citar
Pereira, M. A. (2000). Reflexões sobre a República, em Machado de Assis. Scripta, 3(6), 129-136. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/10354
Seção
Dossiê: Machado de Assis