O sonho na poesia moçambicana: um percurso no tempo

  • Carmen Lúcia Tindó Ribeiro Secco UFRJ
Palavras-chave: Poesia moçambicana, sonho, tempo,

Resumo

A trajetória dos sonhos na poesia de Moçambique. Os anos 50 e o projeto de fundação de uma literatura de raízes africanas. As décadas de 60 e 70 e a utopia da liberdade. A guerra civil e o desencanto social. Os anos 80 e 90 e a proposta de um novo lirismo capaz de resgataro direito de sonhar e imaginar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDRADE, Mário Pinto. Antologia temática de poesia africana. Lisboa: Sá da Costa. 1975, v. 2 (0 Canto armado).

ANGIUS, Fernanda, ANGIUS, Matteo. O desanoitecer da palavra. Praia; Mindelo: Embaixada de Portugal; Centro Cultural Português, 1998.

ANTOLOGIA DE POESIA DA CEI. s. 1.: CEI, 1994. v. II (Moçambique).

BACHELARD, Gaston. L'Eau et les rêves. Paris: Librairie José Corti, 1981.

BARTHES, Roland. O prazer do texto. Lisboa: Edições 70, 1973.

BATAILLE, Georges. O erotismo. Porto Alegre: L&PM, 1987.

BOSI, Alfredo. O ser e o tempo da poesia. São Paulo: Cultrix, 1983.

CHICHORRO, Roberto; PATRAQUIM, Luís Carlos, LEITE, Ana Mafalda. Mariscando luas. Lisboa: Vega, 1992.

COUTO, Mia. Prefácio. In: MENDONÇA, Fátima e SAÚTE, Nelson. Antologia da novíssima poesia moçambicana. Maputo: AEMOLP, 1993.

CRAVEIRINHA, José. Karingana ua karingana. Lisboa: Edições 70, 1982.

LABAN, Michel. Moçambique: encontro com escritores. Porto: Fundação Engen heiro António de Almeida, 1998. v. III.

LEITE, Ana Mafa lda. Canções de Alba. Lisboa: Vega, 1989.

LEMOS, Virgílio de. Ilha de Moçambique: a língua é o exílio do que sonhas. Maputo: AMOULP. 1999.

LEMOS, Virgílio de. O Barroco estético ou 7 enunciados e 4 variantes. In: Eroticus mozambicanus. Panorama do Congresso Internacional: as novas literaturas africanas de língua portuguesa. Lisboa: GT do Ministério da Educação para a Comemoração dos Descobrimentos Portugueses, 1997.

MARCUSE, Herbert. Eros e civilização. Rio de Janeiro: Zahar, 1968.

MATA, Inocência. A Alquimia da língua portuguesa nos portos da expansão em Moçambique, com Mia Couto. Scripta. Revista da Pós-graduação em Letras da PUC Minas e do CESPUC. Belo Horizonte, v. I, n . 2, p. 262-268, 1° sem. 1998.

MENDONÇA, Fátima, SAÚTE, Nelson. Antologia da novíssima poesia moçambicana. Maputo: AEMO, 1993.

PAIXÃO, Fernando. O que é poesia. São Paulo: Brasili ense, 1982.

PATRAQUIM, Luís Carlos. Vinte e tal novas formulações e uma elegia carnívora. Lisboa: Edições ALAC, 1991.

ROUANET, Sérgio Paulo. Édipo e o anjo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1981.

SARDUY, Severo. O Barroco e o neobarroco. In: MORENO, César Fernández. América Latina em sua literatura. São Paulo: Perspectiva, 1979.

SARDUY, Severo. Barroco. Lisboa: Vega, 1989.

SAÚTE, Nelson. A pátria dividida. Lisboa: Vega, 1993.

SECCO, Ca rmen Lucia Tindó. Antologia do mar na poesia africana de língua portuguesa no século XX. Rio de Janeiro: UFRJ, 1996, 1997, 1999. 3v.

WHITE, Eduardo. Os materiais do amor e o desafio à tristeza. Lisboa: Caminho, 1996.

Publicado
22-03-2000
Como Citar
Secco, C. L. T. R. (2000). O sonho na poesia moçambicana: um percurso no tempo. Scripta, 3(6), 213-224. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/10364
Seção
Dossiê: Literaturas africanas de língua portuguesa