Orações subjetivas e teoria dos protótipos

  • Sebastião Carlos Leite Gonçalves Universidade Estadual de São Paulo, campus de São José do Rio Preto.
Palavras-chave: Linguística, Linguística aplicada, Literatura brasileira, Literatura portuguesa, Literatura angolana, Literatura caboverdiana, Literatura guineense, Literatura moçambicana, Literatura santomense, Teoria da Literatura, Educação

Resumo

Nem todas as teorias lingüísticas fornecem respostas satisfatórias para a descrição e funcionamento das línguas, considerando categorias difusas, como, por exemplo, a das orações complexas. Como testagem da teoria dos protótipos (Taylor, 1989) na investigação das orações subjetivas, pretendo mostrar uma outra possibilidade de descrição e análise de categorias lingüísticas, incluindo aquelas de caráter nãodiscreto.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BRAGA, M. L. As sentenças complexas no dialeto carioca. Relatório ao CNPq, 1999.

BYBEE, J.; PERKINS, R.; PAGLIUCA, W. The evolution of grammar: tense, aspect, and modality in the languages of the world. Chicago: Chicago University Press, 1994.

CERVONI, J. L’enonciation. Paris: PUF, 1987.

GIVÓN, T. Functionalism and grammar. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins Publishing Company, 1995.

HOPPER, P.; TRAUGOTT, E. C. Grammaticalization. Cambridge: Cambridge University Press, 1993.

LEHMANN, C. Toward a typology of clause linkage. In: HAIMAN, J.; THOMPSON, S. (Eds.). Clause combining in grammar and discourse. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 1988.

MATEUS, M. H. M.; BRITO, A. M.; DUARTE, I., FARIA, I. H. Gramática da língua portuguesa. 4. ed. Lisboa: Caminha, 1989.

MIOTO, C.; SILVA, M. C.F.; LOPES, R. E. V. Manual de sintaxe. Florianópolis: Insular, 1999.

NEVES, M. H. M. Gramática de usos do português. São Paulo: Ed. Unesp, 2000.

PALMER, F. R. Mood and modality. Cambridge: Cambridge University Press, 1986.

RODRIGUES, A. As orações predicativas. In: CONGRESSO DA ASSEL-RIO, 12, Rio de Janeiro, 1999. (Comunicação oral).

TAYLOR, J. R. Linguistic categorization: prototypes in linguistic theory. New York: Claredon/Oxford, 1989.

Publicado
24-10-2001
Como Citar
Gonçalves, S. C. L. (2001). Orações subjetivas e teoria dos protótipos. Scripta, 5(9), 183-196. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/11736