Guimarães Rosa e Monteiro Lobato: uma aproximação insólita

  • Maria Aparecida Santilli
Palavras-chave: Guimarães Rosa, Monteiro Lobato, O Minotauro, “Páramo”, “Fatalidade”

Resumo

Poderá ser surpreendente fazer pendant de escritores, com Guimarães Rosa e Monteiro Lobato. Mas haverá, no mínimo, a procedência de ser ilustrativo do trabalho que aqui se apresenta. Ficou, em nossa memória mais remota de leituras, que as figuras encantadoras do imaginário infanto-juvenil europeu, em sua coorte de significados, desembarcaram, com Lobato, para nacionalizarem-se em terreiro do Brasil. Mas ficou, também, em nossa memória mais recente de leituras, que o pensamento dos antigos ou “clássicos” da Grécia, em seus sedutores achados, pousou no sertão grande de Guimarães Rosa, transfundindose à passagem pelas veredas da metabolização cultural brasileira. Este trabalho tem, então, o objetivo de refletir sobre tal operação, realizada no processo da alquimia literária rosiana, através de recorte estabelecido à volta do conto “A hora e a vez de Augusto Matraga”, de Primeiras estórias.

 

Referências

ANDRADE, Álvaro Martins. Universo, processo e ética no Grande sertão: veredas: uma análise do pensamento de Guimarães Rosa. 1973. Tese policopiada apresentada Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Assis.

BOSI, Alfredo. Narrativa e resistência. In: BOSI, Alfredo. Itinerários. Araraquara: Unesp, 1996. p. 11-27.

CANDIDO, Antonio. Fortuna crítica: Sagarana. In: ROSA, João Guimarães. Ficção completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994. v. 1. p. 63-67.

LORENZ, Günter. Diálogo com Guimarães Rosa. In: ROSA, João Guimarães. Ficção Completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1995. v. 1.

MONTEIRO LOBATO. O minotauro. 26. ed. São Paulo: Brasiliense, 1997.

RAVETTI, Graziela. Territórios textuais, regiões culturais: mulheres intelectuais na narrativa latino – americana contemporânea. In:

RAVETTI, Graziela. América em movimento. São Paulo: Memorial Sette Letras, 1998. p. 93-109.

ROSA, João Guimarães. A hora e a vez de Augusto Matraga. In: Sagarana. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1995. v. 1, p. 429-462.

Publicado
21-03-2002
Como Citar
Santilli, M. A. (2002). Guimarães Rosa e Monteiro Lobato: uma aproximação insólita. Scripta, 6(10), 274-289. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12406