Leitura literária em tempos de crise

  • Ivete Lara Camargos Walty PUC Minas
Palavras-chave: Leitura literária, Lugar social, Gêneros textuais.

Resumo

Reflexão sobre o exercício da leitura literária na sociedade atual, levando-se em consideração a questão dos gêneros textuais. Para isso, será enfocado o lugar/lugares do texto dado como literário em sua relação com outros tipos de textos, no contexto do processo de exclusão e resistência político-social.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e filosofia da linguagem. Trad. Michel Lahud e Yara F. Vieira. São Paulo: Hucitec, 1981.

BAKHTIN, Mikhail. Questões de literatura e de estética: a teoria do romance. Trad. Aurora F. Bernadini et al. São Paulo: Unesp, 1993.

BATHIA, Vijav K. Análise de gêneros hoje. In: Revista de Letras, n. 23, v. 1/2, p. 102-115, jan./dez. 2001.

BARTHES, Roland. Aula. Trad. Leyla Perrone-Moisés. São Paulo: Cultrix, 1980.

BARTHES, Roland. O rumor da língua. Trad. Mário Laranjeira. São Paulo: Brasiliense, 1988.

BENJAMIN, Walter. Origem do drama barroco alemão. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1984.

COMPAGNON, Antoine. O demônio da teoria: literatura e senso comum. Trad. Cleonice Mourão e Consuelo Santiago. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1999.

ENRIQUEZ, Eugène. Imaginário social, recalcamento e repressão nas organizações. Tempo brasileiro: A história e os discursos, Rio de Janeiro, n. 36-37, p. 53-94, jan./jun. 1974.

FORRESTER, Viviane. O horror econômico. Trad. Álvaro Lorencini. São Paulo: Editora da Unesp, 1997.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. Trad. Laura Fraga de Almeida Sampaio. São Paulo: Loyola, 1996.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência. Trad. Carlos Irineu da Costa. Rio de Janeiro: Editora 34, 1993.

MACHADO, Arlindo. Hipermídia: o labirinto como metáfora. In: DOMINGUES, Diana (Org.). A arte no século XXI: a humanização das tecnologias. São Paulo: Editora da Unesp, 1997. p. 144-154.

RUFFATO, Luiz. eles eram muitos cavalos. São Paulo: Boitempo, 2001.

ROBIN, Régine. Extensão e incerteza da noção de literatura. In: ANGENOT, Mark et al. (Orgs.). Teoria literária: problemas e perspectivas. Trad. Ana Luísa Faria e Miguel Serras Pereira. Lisboa: Dom Quixote, 1995. p. 59-65.

SANT’ANNA, Affonso R. Última geração letrada. Estado de Minas, Belo Horizonte, p. 10, 4 de fev. 2001.

Publicado
18-03-2004
Como Citar
Walty, I. L. C. (2004). Leitura literária em tempos de crise. Scripta, 7(14), 100-106. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12546