O papel da iconicidade da língua na literatura

  • Lucia Santaella
Palavras-chave: Arbitrariedade linguística, Motivação, Dêixis, Indexicalidade, Iconicidade, Sentido poético.

Resumo

Segundo a tese saussuriana da arbitrariedade do signo, a relação entre o significante lingüístico e o seu significado é puramente convencional. Embora essa tese seja, sem dúvida, relevante, ela foi relativizada por Saussure ele mesmo, ao constatar os inúmeros casos de motivação na língua. Por motivação entende-se a presença de semelhanças entre o significante e o significado. Os aspectos motivacionais da língua foram bastante reforçados a partir dos estudos de Jakobson baseados nas classificações de signos de C. S. Peirce. Tendo essas referências como pressupostas, este artigo tem por objetivo discutir os aspectos indiciais e icônicos do signo verbal para evidenciar que é na face motivacional da língua que se estabelecem as relações de parentesco entre a língua e a literatura.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDERSON, Earl R. A grammar of iconism. London: Associated University Press, 1999.

ENKVIST, Nils Erik. Experiential iconism in text strategy. Text 1, n. 1, p. 77-111, 1981.

JAKOBSON, Roman. A la recherche de l’essence du langage. In: JAKOBSON, Roman. Diogene. [S. l.]: [s. n.], 1965. p. 22-38.

LEEZENBERG, M. Indexicals. In: ASHER, R. E.; SIMPSON, J. M. (Eds.). The encyclopedia of language and linguistics. New York: Pergamon Press, 1994. v. 3. p. 1.648-1.651.

NÖTH, Winfried. The semiotic potencial for iconicity in spoken and written language.

Kodikas/Code 13, p. 191-209, 1992.

NÖTH, Winfried. Iconicity of simetries and asymetries in syntactic coordination. In: KÜPER, Christoph (Ed.). Von der Sprache zur Literatur: Motiviertheit im sprachlichen und im poetischen Kode. Tübingen: Staufenburg, 1993. p. 23-36.

NÖTH, Winfried. Peircean semiotics in the study of iconicity in language. Transactions of the Charles S. Peirce Society, v. XXXV, n. 3, p. 613-619, 1999.

NÖTH, Winfried. Semiotic foundations of iconicity in language and literature. In: FISCHER, O.; NÄNNY, M. (Eds.). Iconicity in Language and Literature. Amsterdam: Benjamins. (no prelo)

PEIRCE, C. S. Collected Papers. v. 1-6, Hartshorne and Weiss (eds.); v. 7-8, Burks (ed.) Cambridge, Mass.: Harvard University Press, 1931-58.

SANTAELLA, Lucia. Matrizes da linguagem e pensamento; sonora, visual, verbal. São Paulo: Iluminuras/Fapesp, 2001.

Publicado
18-03-2004
Como Citar
Santaella, L. (2004). O papel da iconicidade da língua na literatura. Scripta, 7(14), 128-136. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12549