Rastos bíblicos na obra de Natália Correia

  • Isabel Allegro de Magalhães
Palavras-chave: Natália Correia, Espírito, Corpo, Divino, Sagrado, Amor, Feminino.

Resumo

Este texto é uma leitura da obra de Natália (da sua poesia, mas também de algumas obras de ficção narrativa e peças de teatro), procurando nela os seus modos de ligação intertextual a textos bíblicos e litúrgicos da tradição cristã. Deparamos aí com a sua recriação dessas referências, na maior parte dos casos rebelde e iconoclasta, na medida em que elementos pagãos são incorporados e mesclados com os cristãos, com vistas a potenciar uma visão do mundo e da vida por si unificada e para si pacífica. A sua escrita revela o sentido de um Espírito, visto como feminino e presente em toda a parte.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CORREIA, Natália. As núpcias. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

CORREIA, Natália. Madona. Lisboa: [19--], 1968. Ed. ut.: 3. ed.; Lisboa: Dom Quixote, 1986.

CORREIA, Natália. O encoberto. Lisboa: Dom Quixote, 1969.

CORREIA, Natália. Poesia completa: o sol nas noites e o luar nos dias. Lisboa: Dom Quixote, 1999. (reimpr. Edição em 2 volumes, do Círculo de leitores, 1993).

MELLO E CASTRO, E. O dom da poesia. Jornal de Letras, Lisboa, p. 9-10, 10 ago. 1993.

PESSOA, Fernando. Obras em prosa. Org., introd. e notas de Cleonice Berardinelli. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1990.

PESSOA, Fernando. Sobre Portugal: introdução ao problema nacional. Recolha de textos por Maria Isabel Rocheta e Paula Morão. Org. e Introd. Joel Serrão. Lisboa: Ática, 1979.

Publicado
21-10-2004
Como Citar
Magalhães, I. A. de. (2004). Rastos bíblicos na obra de Natália Correia. Scripta, 8(15), 64-78. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12569