O Brasil é longe daqui? Poder e exceção em Grande sertão: veredas

  • Ettore Finazzi-Agrò
Palavras-chave: João Guimarães Rosa, Grande sertão, veredas, Catrumanos, Zé Bebelo, Estado de exceção.

Resumo

Osurgimento dos catrumanos, em Grande sertão: veredas, desencadeia uma série de reflexões pessimistas e de pressentimentos apocalípticos por parte de Riobaldo. A partir da análise deste episódio e dos outros em que está envolvida aquela gente de “estranhoso
aspecto”, é questionada a possibilidade de aplicar a figura jurídica do “estado de exceção” não só aos catrumanos mas também ao personagem de Zé Bebelo, que parece ter com eles uma relação peculiar, baseada, justamente, numa exclusão radical e fundadora.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. Homo sacer. Il potere sovrano e la nuda vita. Torino: Einaudi, 1995.

AGAMBEN, Giorgio. Stato di eccezione. Torino: Bollati Boringhieri, 2002.

BOLLE, Willi. “Grande Sertão: Cidades”: In: Revista da USP, n. 24, p. 80-93, dez./fev. 1994/1995.

CUNHA, Euclides da. Um paraíso perdido. Ensaios, estudos e pronunciamentos sobre a Amazônia. Org. por L. Tocantins. Rio de Janeiro: J. Olympio – Fundação de Desenvolvimento de Recursos Humanos, da Cultura e do Desporto do Governo do Estado do Acre, 1986.

ROSA, João Guimarães. Grande sertão: veredas. 15. ed. Rio de Janeiro: J. Olympio, 1982.

SERRES, Michel. Genèse. Paris: Grasset, 1982.

SPERBER, Suzi Frankl. Guimarães Rosa: signo e sentimento. São Paulo: Ática, 1982.

STARLING, Heloisa. Lembranças do Brasil. Teoria, política, história e ficção em Grande sertão: veredas. Rio de Janeiro: Revan/Ucam/Iuperj, 1999.

Publicado
21-10-2004
Como Citar
Finazzi-Agrò, E. (2004). O Brasil é longe daqui? Poder e exceção em Grande sertão: veredas. Scripta, 8(15), 149-157. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12575