Telas. Feiras. Salas (algumas tendências e desafios da Literatura Brasileira contemporânea)

  • Maria Consuelo Cunha Campos
Palavras-chave: Literatura brasileira contemporânea, Festivais, Feiras, Audiovisuais, Salas de debates.

Resumo

Os anos 90 do século XX trazem ao circuito da produção e da recepção da literatura brasileira novas tendências. Entre elas, uma nova relação entre as telas – do cinema, da TV, do home video em VHS e, em seguida, em DVD – e as obras literárias, bem como uma inédita multiplicação das feiras e dos festivais. A estes fenômenos, vem somar-se o da disseminação das salas, reais (de auditórios, centros culturais etc.) e virtuais (como as de chats, as listas de discussão etc.) como espaços onde a literatura é tratada. Neste artigo discutem-se alguns aspectos desta tríade.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

-

Publicado
21-10-2004
Como Citar
Campos, M. C. C. (2004). Telas. Feiras. Salas (algumas tendências e desafios da Literatura Brasileira contemporânea). Scripta, 8(15), 198-204. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/12579