Por que Chomsky está errado?

Pedro Perini-Santos

Resumo


Neste artigo, analiso criticamente citações de autores gerativistas que sustentam que a evolução da linguagem ocorre de acordo com mecanismos internos e inerentes a ela. Sustento também que a leitura au­tononomista do gerativismo tem origem em um projeto formalista que lega mais valor à sistematicidade do modelo matemático expla­natório do que à própria realidade.

Palavras-chave


Gerativismo; Autonomia da linguagem; Revisão crítica; História

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

                     


Revista Scripta e-ISSN: 2358-3428 (OJS)

DOI: http://dx.doi.org/10.5752/P.2358-3428

Endereço: Av. Dom José Gaspar, 500 - Prédio 20 - sala 109 

Coração Eucarístico - Belo Horizonte/MG - CEP: 30535901 

Telefone geral: (31) 3319-4369

 

Licença: 

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Nossos indexadores, bancos de dados e repositórios: