Cânone: dúvidas e ambiguidades

  • Helena Parente Cunha Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Cânone, Hierarquia, Desconstrução, Estético, Pós-modernidade

Resumo

Em meio a dúvidas e perguntas, procura-se entender a sobrevivência do cânone e seu caráter hegemônico, totalitário, hierarquizante, dis­criminador, em nossa época empenhada em subverter as rígidas re­presentações regulamentadoras da modernidade. É possível que sua insistente presença se justifique, por continuar ligado à noção do ní­vel estético que, por certo, é indispensável para legitimar a obra lite­rária.Talvez devido a seu antigo poder, pertencente ao autoritarismo próprio da modernidade, o cânone tenha deixado um legado que ain­da permite sua sobrevivência quase como sinônimo de qualidade.Co­mo esclarecer tantas dúvidas?

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
18-12-2006
Como Citar
Cunha, H. P. (2006). Cânone: dúvidas e ambiguidades. Scripta, 10(19), 241-249. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/13978
Seção
Artigos