Fidelidade aos seminários Guimarães Rosa

  • Clara Rowland Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Literatura, Guimarães Rosa, Fidelidade,

Resumo

minha relação com  a obra de Guima rães Rosa, que desembocou num projeto de doutoramento sobre o auto r qu e es tou at u a lm ente a preparar para a Universidade  de  Lisboa, está  diretamente ligada à história dos  Seminá­rios Guimarães  Rosa. Em  1998  encontrava-me n o segundo ano de um curso de graduação e m Línguas e Literaturas Modernas em  Lisboa e vinha de uma fortíssima  experiência de  leitura d e Grande sertão: veredas, quando vi afixado, num corredor da Faculdade, o cartaz  do I Seminário, com a fotografia de  Rosa preparando a sela de um cavalo. Ainda  longe de poder concretizar  qual quer projeto de investigação, acolhia proposta com o um  convite à viagem - viagem a um espaço onde pudesse reencontrar a força dessa  leitura. Foi sem  nada saber do Seminário e dos  estudos rosian os que cheguei a Belo  Horizonte, e o qu e vi e ouvi e ntão foi decisivo para  que não  abandonasse  a intuição de que  era sobre Rosa que um dia iria trabalhar.

Publicado
13-10-2005
Como Citar
Rowland, C. (2005). Fidelidade aos seminários Guimarães Rosa. Scripta, 9(17), 19-22. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/14074
Seção
Parte I - Três olhares estrangeiros sobre o III Seminário Internacional Guimarães Rosa