A dissolução das noções de materialidade e autoria na ciberliteratura: Um olhar para a obra Fantasia breve, a palavra-espuma

  • Débora Keppi Deicke UFMT
  • Vinicius Pereira
Palavras-chave: Ciberliteratura, Poesia autogenerativa, Materialidade, Autoria, Rui Torres

Resumo

A ascensão das tecnologias computacionais se dá de modo vertiginoso e suas capacidades técnicas são cada vez mais abraçadas pelo meio social. Tomam forma atividades híbridas entre homem e máquina que também se fazem presentes nos processos criativos existentes nesses meios. As possibilidades de utilização da máquina são múltiplas e irrestritas, o que permite aos seus usuários uma liberdade criativa em produções artísticas que difere do que é tradicionalmente conhecido e reconhecido – tanto pelos leitores quanto pela crítica. No que concerne à literatura eletrônica, há uma gama de oportunidades para a criação artística, que, por vezes, resulta em uma transgressão ao que se tem mais convencionalmente estabelecido pela literatura impressa. Essa quebra da tradição ocorre em níveis variados e evoca questionamentos quanto aos critérios estabelecidos para valoração dessas obras. Desse modo, apresenta-se uma reflexão em relação aos parâmetros utilizados para qualificação dessas obras: são critérios oriundos da literatura impressa suficientes para avaliar a ciberliteratura? Diante desse contexto, o presente artigo discute, a partir da obra Fantasia breve, a palavra-espuma, do ciberpoeta português Rui Torres, conceitos de materialidade e autoria, bem como o modo como estes são ressignificados no âmbito da literatura em mídia digital.

Biografia do Autor

Débora Keppi Deicke, UFMT

Mestranda em Literatura no Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem (PPGEL) da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT). Graduada em Letras com habilitação em Português e Inglês. Participante do grupo de pesquisa SEMIC - Semióticas Contemporâneas, certificado pelo CNPq - dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/4228875465821246. Tem experiência em ensino de Língua Inglesa como Segunda Língua, aplicação de exames internacionais, revisão e tradução de textos acadêmicos. Atualmente trabalha como Técnica Administrativa Educacional através de concurso público ofertado pela Secretaria de Educação do Estado do Mato Grosso.

Vinicius Pereira

Professor do Departamento de Letras e do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Doutor em Ciência da Literatura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Referências

BARBOSA, Pedro. Ciberliteratura: o computador como máquina semiótica. Ciberscópio, Universidade de Coimbra. 2003, p. 1-25. Disponível em . Acesso em: 12 set. 2019.

BARTHES, Roland. A morte do autor. In: BARTHES, Roland. O rumor da língua. São Paulo: Martins Fontes, 2004, p. 57-64.

DOS SANTOS, Alckmar Luiz. Leituras de nós: ciberespaço e literatura. São Paulo: Itaú Cultural, 2003.

GOLDSMITH, Kenneth. Uncreative Writing. Nova Iorque: Columbia University Press, 2011.

HAYLES, Katherine. Literatura Eletrônica: novos horizontes para o literário. Passo Fundo: UPF, 2009.

KLUCINSKAS, Jean; MOSER, Walter. Interculturalidade: A estética a prova da reciclagem cultural. Scripta, Belo Horizonte, v. 11, n. 20, p. 17-42, 1º sem. 2007.

MELO E CASTRO, E. M. de. Poética do ciborgue. Rio de Janeiro: Confraria do Vento, 2014.

PEREIRA, Vinicius Carvalho. Poéticas da/na interface: uma leitura de Fantasia breve, a palavra-espuma – gerador automático de poemas com base em versos de Ana Hatherly. https://po-ex.net/pdfs/clit_06.pdf>. Acesso em 12 set 2019.Verbo de Minas, Juiz de Fora, v. 20, n. 35, p. 35-54, 2019. Disponível em >. Acesso em: 12 set. 2019.

PERLOFF, Marjorie. Unoriginal Genius: Poetry by Other Means in the New Century. Chicago: University of Chicago, 2012.

Cultural Trend Lisbon. Programação Festival do Silêncio 2016. Disponível em . Acesso em: 03 set. 2019.

TORRES, Rui. Fantasia breve: a palavra-espuma. 2016a. Disponível em: . Acesso em 03 set. 2019.

TORRES, Rui. Palavra-Espuma/help. 2016b. Disponível em: . Acesso em 03 set 2019.
Publicado
18-12-2020
Como Citar
Deicke, D. K., & Pereira, V. (2020). A dissolução das noções de materialidade e autoria na ciberliteratura: Um olhar para a obra Fantasia breve, a palavra-espuma. Scripta, 24(52), 210-234. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2020v24n52p210-234