Entre a orelha, a língua e a mão: a origem africana para o leitor infantil e juvenil

  • Heloisa Pires Lima
Palavras-chave: Raça, Cor, Etnia, Literatura infanto-juvenil.

Resumo

O artigo propõe uma reflexão acerca do tema raça, cor e etnia na literatura produzida no Brasil e na África de língua portuguesa direcionada para o circuito editorial voltado para o leitor infanto-juvenil.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CHATELAIN, Héli. Contos populares de Angola. Tradução de Maria Garcia da Silva. Lisboa: Agência Geral do Ultramar, 1964.

CHERUBINI, E. Pinocchio na África. Ilustrações de Charles Copeland. 3. ed. São Paulo: Livraria Liberdade, 1929.

COELHO, Nelly Novaes. Panorama histórico da literatura infantil e juvenil: das origens indo-europeias ao Brasil contemporâneo. São Paulo: Summus editorial, 1985.

HERGÉ. As aventuras de Tintim: Tintim na África. Rio de Janeiro: Record, 1970.

LA VAUX, Henri; GALOPIN, Arnald. A volta ao mundo por dois garotos. Rio de Janeiro: Flores e Manos, 1938.

VERNE, Júlio. Cinco semanas em um balão: viagem de descoberta da África por três ingleses. Tradução de Francisco Augusto Correia Barata. Lisboa: Bertrand, 1982.

VINCKE, E. Geographes et hommes d´ailleurs: analyse critique de manuels scolaires. Bruxelles: Centre bruxellois de recherche et de documentation pédagogiques, 1985.

Publicado
17-12-2009
Como Citar
Pires Lima, H. (2009). Entre a orelha, a língua e a mão: a origem africana para o leitor infantil e juvenil. Scripta, 13(25), 93-108. Recuperado de http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/4370
Seção
Dossiê: Raça, cor e etnia na cultura/literatura