Entre ritmo e poesia: rap e literatura oral urbana

  • Marcus Rogerio Salgado UFRJ
Palavras-chave: Literatura oral urbana, Rap, Poéticas da voz.

Resumo

O objetivo do presente artigo é um estudo do rap enquanto manifestação de literatura oral urbana e forma de oralidade tecnológica. Para tanto, o artigo passará em revista as relações entre literatura e palavra falada/cantada, assim como as possibilidades de interface estética entre a literatura e a música que estão em questão quando tratamos do rap.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcus Rogerio Salgado, UFRJ
MARCUS ROGÉRIO SALGADO é professor adjunto de Literatura Brasileira na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Anteriormente, lecionou Teoria da Literatura e Literatura Brasileira em instituições brasileiras (UFF e UnB) e estrangeiras (Universidade de Santiago de Compostela). É autor dos livros de ensaios "Arqueologia do resíduo" e "A vida vertiginosa dos signos". Traduziu obras de Jean Lorrain, Pierre Mabille e Ted Hughes.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. A comunidade que vem. Tradução de Antônio Guerreiro. Lisboa: Editorial Presença, 1993.

BÉTHUNE, Christian. Le Rap. Une esthétique hors la loi. Paris: Autrement, 2003.

BILL, M. V. Traficando informação [CD]. Manaus: BMG. Digital, estéreo, 1999.

FACÇÃO CENTRAL. Direto do campo de extermínio. [Fonograma]. Por Facção Central. Face da Morte Produções, 2003. CD.

FAUSTINO, Oswaldo. Das ruas ao coração. In: ROCHA, Janaína (Org.). HipHop: a periferia grita. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2002.

FERREZ. Ninguém é inocente em São Paulo. Rio de Janeiro: Objetiva, 2006.

GOMES, Renato Cordeiro. Por um realismo brutal e cruel. In: GOMES, Renato C. (org.). Novos realismos. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2012.

KEELEY, Robin. Freedom dreams. The Black Radical Imagination. Boston: Beacon Press, 2002.

RACIONAIS MCs. Cores e valores. [Fonograma]. Por Racionais MCs. Cosa Nostra, 2014. CD.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. Tradução de Mônica Costa Netto. São Paulo: EXO experimental org.; Ed. 34, 2005.

SABOTAGE. O rap é compromisso. [Fonograma]. Por Sabotage. Cosa Nostra, 2001. CD.

SCHOLLHAMMER, Karl Erik. “Do efeito ao afeto. Os caminhos do realismo performático”. In: GOMES, Renato C. (Org.). Novos realismos. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2012.

SILVA, Mário Augusto Medeiros da. A descoberta do insólito. Literatura negra e literatura periférica no Brasil (1960-2000). Rio de Janeiro: Aeroplano, 2013.

TATE, Greg. Flyboy in the buttermilk. Essays on Contemporary America: an eye-opening look at race, politics, literature and music. New York: Simon & Schuster, 1992.

WEHELIYE, Alexander G. Phonographies. Grooves in Sonic Afro-Modernity. Durham: Duke University, 2005.

ZUMTHOR, Paul. A letra e a voz. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

ZUMTHOR, Paul. Introdução à poesia oral. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2010.

Publicado
22-08-2018
Como Citar
Salgado, M. R. (2018). Entre ritmo e poesia: rap e literatura oral urbana. Scripta, 19(37), 153-168. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2015v19n37p153
Seção
Dossiê temático: Literatura e oralidades