Análise multimodal da obra “Vozes no Parque”:

quando texto verbal e visual se unem para a construção dos sentidos

Palavras-chave: Literatura infantil, Multimodalidade, Gramática do design visual, Ensino

Resumo

A sociedade midiatizada não se limita mais aos livros repletos de texto verbal cujas lacunas devem ser preenchidas exclusivamente pela imaginação. São multissemióticos e trazem consigo muitas mensagens, principalmente os livros ilustrados de literatura infantil. Este artigo é um recorte de uma dissertação de mestrado e tem o objetivo geral de fazer uma análise multimodal baseada na teoria de Kress e van Leeuwen (2006) com a finalidade de explorar recursos multimodais presentes no livro Vozes no Parque, de Anthony Browne. Como objetivos específicos, o artigo visa aplicar as metafunções da “Gramática do Design Visual” (GDV), ao estudo das imagens em livros infantis e identificar recorrências quanto aos recursos semióticos presentes nas imagens. Nossa proposta foi trabalhar com a GDV por meio de uma pesquisa qualitativa, de análise multimodal, analisando a obra selecionada. Para atingir nossos objetivos, essa pesquisa perpassa pelos conceitos teóricos de literatura infantil, multiletramentos e multimodalidade. Com o resultado desse trabalho, demonstramos como as imagens atuam na composição das histórias infantis e como o autor-ilustrador faz o seu uso atrelado ao propósito e à temática de cada obra. A partir da aplicação da GDV, concluímos que texto verbal e visual caminham juntos. A imagem atua como complementações e extrapolações ao texto verbal de forma que seja inviável afirmar que um precede ao outro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Michelotti, Universidade Franciscana

Mestre em Ensino de Humanidades e Linguagens (UFN), Especialista em Tecnologias da Informação e Comunicação aplicadas à Educação (TICs) e MBA Gestão Empresarial (AMF). É graduada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), com conclusão em Janeiro de 2014. Atualmente é professora coordenadora do Projeto de Extensão "Núcleo de Excelência em Linguagem", vinculado à Antonio Meneghetti Faculdade (AMF). Atua como professora e coordenadora de Projetos Culturais e Educacionais junto a Fundação Antonio Meneghetti, e atua como professora universitárias, ministrando as disciplinas de Língua Portuguesa e Linguagem Jurídica; Oficina de Português e Português Empresarial, nos cursos Bacharelados em Direito, Ciências Contábeis e Administração.

Graziela Frainer Knoll , Universidade Franciscana

Doutora em Letras, Estudos Linguísticos, pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Mestre em Letras, Estudos Linguísticos (UFSM), Especialista em TICs Aplicadas à Educação (UFSM). Possui graduação em Comunicação Social, Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal de Santa Maria (2003) e graduação em Letras - Português e Literaturas pela Universidade Federal de Santa Maria (2017). É professora Adjunta da Universidade Franciscana. 

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2020.

BROWNW, Anthony. Vozes no Parque. 1ª edição. São Paulo: Pequena Zahar, 2014.
COSTA, Marta Morais. Literatura Infantil. 2008. Disponível em: https://docero.com.br/doc/nnvcsvv. Acesso em: 20 set. 2020.
DOMINGOS, Ana Cláudia Munari; KLAUCK, Ana Paula; MASTROBERTI, PAULA. Multimodalidade textual e formação do hiperleitor. In: FLORES, Onici Claro; GABRIEL, Rosângela (Orgs.). O que precisamos saber sobre a aprendizagem da leitura: contribuições interdisciplinares. Santa Maria: Ed. UFSM, 2017.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.
KRESS, Gunther; VAN LEEUWEN, Theo. Reading Images: the grammar of visual design. London: Routledge, 2006.
LAJOLO, Marisa; ZILBERMAN, Regina. Literatura Infantil brasileira: história e histórias. 6 ed. São Paulo: Editora Ática, 2007.
RAMOS, Flavia Brocchetto; NUNES, Marília Forgiarini. Ler literatura também é ler imagem? In: FLORES, Onici Claro; GABRIEL, Rosângela (Orgs.). O que precisamos saber sobre a aprendizagem da leitura. Santa Maria: Editora UFSM, 2017. p. 109 - 122.
ROJO, Roxane. Texto multimodal. In UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS. Glossário Ceale. 2014. Disponível em: http://ceale.fae.ufmg.br/app/webroot/glossarioceale/ Acesso em: 19 jun. 2021.
ZILBERMAN, Regina. A literatura infantil na Escola. 11. ed. São Paulo: Global, 2003.
Publicado
31-12-2023
Como Citar
Michelotti, P., & Knoll , G. F. (2023). Análise multimodal da obra “Vozes no Parque”:. Scripta, 27(61), 416-445. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2023v27n61p416-445