OS CONFLITOS DA REPUBLICANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA A PARTIR ESCOLA NORMAL MUNICIPAL DO SERRO ENTRE 1895 A 1903

  • Danilo Arnaldo Briskievicz Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG
Palavras-chave: História da educação, Escola Normal, instrução pública, cotidiano escolar, formação docente

Resumo

O estudo proposto é sobre a instrução pública especializada na formação de professores e professoras para o mercado de trabalho na Primeira República no Brasil. De maneira geral, pretende-se explicar os motivos que levaram à criação em território nacional das escolas normais, muito por conta da mudança na legislação que propiciou aos estados e municípios grande autonomia para suas organizações. De modo específico, buscam-se as razões sociais, econômicas e culturais que propiciaram a experiência de uma escola normal municipal na cidade do Serro/MG subvencionada pelo governo estadual. Estuda-se o cotidiano escolar, os conflitos entre o poder público local e seus diretores, bem como demonstram-se as ideologias que perpassavam a instrução pública naquele contexto, em especial, o ultramontanismo e o positivismo. O método é a pesquisa bibliográfica em arquivos públicos e particulares, bem como o recurso à escassa literatura sobre o assunto. O resultado esperado é a demonstração de como foi a experiência de uma escola normal no interior do Brasil com seus atores, conflitos e contexto peculiares.

Biografia do Autor

Danilo Arnaldo Briskievicz , Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG

Graduado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Minas. Mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG. Doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Publicado
18-12-2019
Como Citar
Arnaldo Briskievicz , D. (2019). OS CONFLITOS DA REPUBLICANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA A PARTIR ESCOLA NORMAL MUNICIPAL DO SERRO ENTRE 1895 A 1903 . @rquivo Brasileiro De Educação, 7(16), 35-65. https://doi.org/10.5752/P.2318-7344.2019v7n16p35-65