ACADEMIA ESTUDANTIL DE LETRAS KIUSAM DE OLIVEIRA E A IMPORTÂNCIA DA REPRESENTATIVIDADE NA EDUCAÇÃO PARA AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS

  • Samir Ahmad dos Santos Mustapha Secretaria Municipal de Educação de São Paulo
  • Renata Takllan Rogow Leung
Palavras-chave: Academia Estudantil de Letras, projeto educacional, literatura negra, políticas públicas afirmativas, representatividade

Resumo

O artigo em tela procura trazer à tona e refletir sobre como o projeto Academia Estudantil de Letras (AEL), da Rede Municipal de Educação de São Paulo, constitui-se uma política pública sólida de promoção da leitura literária, e como pode, a partir disso, contribuir para a Educação das Relações Étnico-Raciais. O projeto AEL tem quinze anos de existência e, ao longo deste percurso, como preconiza Candido (2011), tem fomentado o direito à Literatura, bem como favorecido a inclusão, a autonomia dos alunos e melhoria da aprendizagem. A partir da experiência de uma das escolas que realiza o projeto, a AEL Kiusam de Oliveira, da EMEF Francisco Rebolo, na periferia da Zona Sul da capital paulista, pretendemos analisar a importância da representatividade negra no trabalho com práticas literárias bem como do acesso e fomento à Literatura como caminhos centrais no processo de Educação para as Relações Étnico-Raciais e formação crítica dos alunos.

Biografia do Autor

Samir Ahmad dos Santos Mustapha, Secretaria Municipal de Educação de São Paulo

Doutor pelo programa Educação: História, Política, Sociedade na Pontifícia Universidade Católica- SP (2019), na linha de pesquisa: Educação Brasileira: Produção, Circulação e Apropriação Cultural. Participa como pesquisador no Grupo de Pesquisa: História das Instituições e dos Intelectuais da Educação Brasileira e do projeto de pesquisa coletivo: História das Instituições Educacionais: intelectuais, políticas e práticas. Atualmente
trabalha no Núcleo Técnico de Currículo, da Coordenadoria Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME).

Renata Takllan Rogow Leung

Mestre em Linguística e Semiótica Geral pela Universidade de São Paulo e Especialista em Educação, Ética e Cidadania na Escola pela Univesp (Universidade Virtual do Estado de São Paulo/USP). Atuou como professora de Língua Portuguesa em escolas da rede pública e privada de SP e, em 2015, assumiu o cargo de Professora Orientadora de Sala de Leitura da EMEF Francisco Rebolo (Rede Municipal de SP), onde coordenou diversos projetos como a Academia Estudantil de Letras Kiusam de Oliveira e o projeto Yoga na Escola. Atualmente, estuda língua e cultura holandesas na Fundação Intercultural para Mulheres (SIVE), em Enschede/Holanda.

Publicado
30-11-2020
Como Citar
Mustapha, S. A. dos S., & Leung, R. T. R. (2020). ACADEMIA ESTUDANTIL DE LETRAS KIUSAM DE OLIVEIRA E A IMPORTÂNCIA DA REPRESENTATIVIDADE NA EDUCAÇÃO PARA AS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS . @rquivo Brasileiro De Educação, 8(17), 294-321. https://doi.org/10.5752/P.2318-7344.2020v8n17p294-321
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier