EDUCAÇÃO FÍSICA, PIBID E FORMAÇÃO DOCENTE: PROFESSORA OU ESTUDANTE?

  • Beatriz Pereira Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Renato Sarti Universidade Federal do Rio de Janeiro
Palavras-chave: PIBID, formação de professores, Educação Física escolar, Paulo Freire

Resumo

O contexto desencadeador do estudo foi o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), dentro do curso de Licenciatura de Educação Física da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A partir da modalidade de abordagem qualitativa História de Vida, busco compreender de que forma a minha participação no PIBID possibilitou aproximações com aspectos alinhados a uma perspectiva contra hegemônica de formação de professores para além da racionalidade técnica e prática. A partir dos meus escritos no Diário de Campo e da minha trajetória na educação básica, investigo aproximações aos conceitos freireanos e às concepções bancária e libertadora da educação. Desse modo, a pesquisa me permitiu perceber que o PIBID oportunizou aproximações com aspectos relacionados ao modelo de formação da racionalidade crítica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Pereira, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Graduanda em Licenciatura em Educação Física.

Renato Sarti, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestre e Doutorando em Ciências e Saúde pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Técnico em Assuntos Educacionais da Universidade Federal do Rio de Janeiro.  Membro do Grupo de Estudos em Educação Física Escolar e Profissão Docente (GEEP/UFRJ)

Publicado
23-12-2021
Como Citar
Pereira, B., & Sarti, R. (2021). EDUCAÇÃO FÍSICA, PIBID E FORMAÇÃO DOCENTE: PROFESSORA OU ESTUDANTE?. @rquivo Brasileiro De Educação, 9(18), 310-326. https://doi.org/10.5752/P.2318-7344.2021v9n18p310-326
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier