A análise linguística intercultural em eventos de formação de professoras de Português como Língua de Acolhimento

  • Flávia Azambuja Universidade Federal do Pampa - Unipampa
  • Clara Dornelles Universidade Federal do Pampa - Unipampa
  • Everton Vargas da Costa Framingham State University. Universidade de Harvard.
Palavras-chave: Eventos de formação, Análise linguística intercultural, Português como língua de acolhimento

Resumo

O objetivo deste trabalho é investigar como a prática de análise linguística acontece na perspectiva intercultural em eventos de formação de professoras de Português como Língua de Acolhimento (PLAc). Para isso, nos ancoramos no conceito de eventos de formação (COSTA, 2013; 2018; LEMOS, 2014), de análise linguística (MENDONÇA, 2006; 2007a e b) e de interculturalidade (JANZEN, 2005; TORQUATO, 2014; 2016). A pesquisa centra-se na geração de dados e análise de cunho etnográfico, no contexto de um curso de imersão on-line ofertado no âmbito do projeto Núcleo de Apoio à Aprendizagem Intercultural de Português como Língua Adicional e de Acolhimento (NAAIPLAA), em ações de docência compartilhada (LEMOS, 2014; SCHLATTER; COSTA, 2020). A turma é constituída por 30 estudantes e as professoras são graduandas e egressas do curso de Letras da Universidade Federal do Pampa (Unipampa), com experiências presenciais em ensino de PLAc. Neste artigo, discutimos um evento de formação em que a análise linguística se torna relevante durante uma aula síncrona via Google Meet. Os resultados mostram que práticas que envolvem a análise linguística intercultural se caracterizam pela reflexão colaborativa sobre estranhamentos ocasionados pelos usos linguísticos, o que impacta a aprendizagem de alunos e professoras. Os resultados também apontam para preponderância da participação dos estudantes em eventos de formação, em aulas de PLAc que visam à análise linguística intercultural, e indicam que a análise linguística se concretiza como intercultural em ações interacionais entre professores e estudantes, gerando aprendizagens para todos os participantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávia Azambuja, Universidade Federal do Pampa - Unipampa

Mestra em Ensino de Línguas e graduada em Letras português e Respectivas Literaturas pela Universidade Federal do Pampa - Unipampa, campus Bagé/RS.  Atua como professora de língua portuguesa como língua materna e adicional. Co-coordenadora do projeto de extensão Laboratório de Leitura e Produção Textual - LAB na Unipampa. 

Clara Dornelles, Universidade Federal do Pampa - Unipampa
Professora Associada da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Atua no curso de Letras/Línguas Adicionais (Inglês e Espanhol) e Respectivas Literaturas e coordena o Núcleo de Apoio Intercultural à Aprendizagem de Português como Língua Adicional e de Acolhimento (NAAIPLAA). Desenvolve pesquisas sobre ensino-aprendizagem de línguas e construção de identidades, no campo aplicado de estudos da linguagem.      
Everton Vargas da Costa, Framingham State University. Universidade de Harvard.

Everton Vargas da Costa é Doutor em Linguística Aplicada e atualmente é Professor-Leitor do
Itamaraty na Universidade de Harvard e Professor-Visitante de Português e Espanhol na
Framingham State University. Pesquisa sobre práticas de formação de professores pela lente da
etnografia, tendo publicado em 2013 a dissertação de mestrado “Práticas de formação de
professores de Português Língua Adicional em um instituto cultural brasileiro no exterior” e em
2018 a tese de doutorado "Eventos de formação de professores de português língua adicional: a
organização das práticas e as trajetórias de participação em um estudo interpretativo sobre
aprender a ensinar". Tem publicações em periódicos brasileiros e norte-americanos sobre
elaboração de materiais didáticos, pedagogia de projetos, avaliação da aprendizagem e
formação de professores de português como língua adicional e como língua de herança. É um
dos organizadores da coletânea de artigos “Ensino e Aprendizagem de Língua Portuguesa e
Cultura Brasileira pelo Mundo: Experiências do Programa de Leitorado do Itamaraty”, a ser
lançado em 2018 pela editora Boa Vista Press.

Referências

ALMEIDA FILHO, José Carlos P. (org.) Português para estrangeiros: interface com o espanhol. Campinas, SP: Pontes, 2ª edição, 2001.

AZAMBUJA, Flávia. A análise linguística em eventos de formação de professoras de português como língua adicional. 2020. 84f. Trabalho de conclusão de curso. Universidade Federal do Pampa - Unipampa, Bagé, 2020.

BAGNO, Marcos. Português ou brasileiro? Um convite à pesquisa. São Paulo: Parábola Editorial, 2001.

BAGNO, Marcos. Nada na língua é por acaso: por uma pedagogia da variação linguística. São Paulo: Parábola Editorial, 2007.

BERGAMASCO, Gabriele. O ensino de português como língua de acolhimento para uma família síria refugiada em Bagé - RS. 2018. 29f. Trabalho de conclusão de curso. Universidade Federal do Pampa - Unipampa, Bagé, 2018.

BULLA, Gabriela da Silva; COSTA, Everton Vargas da. Atividades colaborativas na formação de professores de português como língua adicional no Programa de Português para Estrangeiros da UFRGS. In: ENCONTRO INTERNACIONAL DE INVESTIGADORES DE POLÍTICAS LINGUÍSTICAS, 8., 2017, Florianópolis. Atas. Florianópolis, 2017. p. 226-236.

CLARK, Herbert H. Using language. Cambridge University Press, 1997.

COSTA, Everton Vargas da. Eventos de formação de professores de português como língua adicional: a organização das práticas e as trajetórias de participação em um estudo interpretativo sobre aprender a ensinar. 2018. 299f. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Porto Alegre, 2018.

COSTA, Everton Vargas da. Práticas de formação de professores de português língua adicional em um instituto cultural brasileiro no exterior. 2013. 162f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Porto Alegre, 2013. Disponível em: <https://lume.ufrgs.br/handle/10183/72754>. Acesso em: 31 maio 2020.

COSTA, Everton Vargas da; SCHLATTER, Margarete. A interlocução com os pares na formação profissional e a construção da identidade do professor-autor-formador. Linguagem & Ensino, [s. l.], v. 22, n. 3, p. 554-576, 2019. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.15210/rle.v22i3.17143>. Acesso em: 22 maio 2020.

EUSEBIO, Umberto; REBOUÇAS, Eduardo Melo; HONORATO, Marques Alencar Natália; Prática intercultural para o ensino de português a imigrantes haitianos no Brasil. Congresso Iberoamericano de Ciencia, Tecnología, Innovación y Educación. Buenos Aires, Argentina. Novembro de 2014.

FRANCHI, Carlos. Gramática e criatividade. São Paulo: Secretaria da Educação/ Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas – CENP, 1991.

GROSSO, Maria José dos Reis. Língua de acolhimento, língua de integração. Horizontes de linguística aplicada, v. 9, n. 2, p. 61-77, 2010. Disponível em: http://periodicos.unb.br/index.php/horizontesla/article/view/886/771. Acesso em: 27 jun. 2020.

JANZEN, Henrique Evaldo. O Ateneu e Jakob von Gunten: um diálogo intercultural possível. 2005. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade de São Paulo, São Paulo.

KORHONEN, Hanna; HEIKKINEN Hannu L.T.; KIVINIEMI Ulla; TYNJÄLÄ, Päivi. 2017. Student teachers’ experiences of participating in mixed peer mentoring groups of in-service and pre-service teachers in Finland. Teaching and Teacher Education, 61:153-163. https://doi.org/10.1016/j.tate.2016.10.011 LEMOS, Fernanda Cardoso. A formação do professor para o ensino de língua adicional em ambientes digitais com docência compartilhada. Dissertação (Mestrado em Letras). Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2014.

LEMOS, Fernanda Cardoso. A formação do professor para o ensino de língua adicional em ambientes digitais com docência compartilhada. 2014. 122f. Dissertação (Mestrado em Letras). - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.

MENDONÇA, Márcia. Análise linguística no Ensino Médio: um novo olhar, um outro objeto. In: BUNZEN, Clecio; MENDONÇA, Márcia (org.) Português no Ensino Médio e formação do professor. São Paulo: Parábola, 2006. p. 198-226.

MENDONÇA, Márcia. Análise linguística: por que e como avaliar. In: MARCUSCHI, Beth; SUASSUNA, Lívia (org) Avaliação em língua portuguesa: contribuições para a prática pedagógica. Belo Horizonte: Autêntica, 2007a. p. 95-110.

MENDONÇA, Márcia. Análise linguística: refletindo sobre o que há de especial nos gêneros. In: SANTOS, Carmi Ferraz; MENDONÇA, Márcia; CAVALCANTE, Marianne C. B. (org.) Diversidade textual: os gêneros na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2007b. p. 73-88.

MORO, Daniela. O processo de alfabetização de refugiados sírios: proposta de material didático para o ensino de português como língua de acolhimento. 2019. 143f. Trabalho de conclusão de curso. Universidade Federal do Pampa - Unipampa, Bagé, 2019.

NEVES, Maria Helena de Moura. Que gramática estudar na escola? Norma e uso na Língua Portuguesa. São Paulo: Contexto, 2004.

NUNES, Ana Margarida Belém; SILVA, Ana Margarida Carvalho Vaz da; SILVA, Helena Margarida Vaz Duarte Mendes. Ensino/aprendizagem de PLE a hispanófonos. Algumas reflexões sobre o uso da preposição a. Disponível em: http://varialing.web.ua.pt/wp-content/uploads/2017/03/ANA_Helena_Margarida.pdf Acesso em: 29.abr.2020.

SCHLATTER, Margarete; COSTA, Everton Vargas da. Docência compartilhada como design de formaçã o de professores de português como língua adicional. Calidoscópio, [s. l.], v. 18, n. 2, p. 351-372, maio-ago. 2020. Disponível em: <http://revistas.unisinos.br/index.php/calidoscopio/article/view/cld.2020.182.06>. Acesso em: 2 mar. 2021.

TORQUATO, Cloris Porto. Ser estrangeiro num contexto acadêmico brasilerio nas vozes de estudantes PEC-G. In: FERREIRA, Aparecida de Jesus; JOVINO, Ione da Silva; SALEH, Pascoalina Bailon de Oliveira (org.). Um olhar interdisciplinar acerca de identidades sociais de raça, gênero e sexualidade. Campinas, SP: Pontes Editores, 2014, p. 201-233.

TORQUATO, Cloris Porto. Ensino de língua portuguesa, interculturalidade e políticas de letramento. Signum: estudos da linguagem, v. 19, n.1, 2016. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/signum/article/view/23199 Acesso em: 02.03.2020.

TRAVAGLIA, Luiz Carlos. Gramática e interação: uma proposta para o ensino de gramática no 1º e 2º graus. São Paulo: Cortez Editora, 1995.

TRIPP, David. Pesquisa-ação: uma introdução metodológica. Educação e Pesquisa, v. 31, n. 3, p. 443 – 466, set/dez, São Paulo: 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-97022005000300009&script=sci_abstract&tlng=pt.

Publicado
29-06-2021
Como Citar
Azambuja, F., Dornelles, C., & Costa, E. V. da. (2021). A análise linguística intercultural em eventos de formação de professoras de Português como Língua de Acolhimento. Scripta, 25(53), 296-329. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2021v25n53p296-329