Os estudos literários na era da pós-verdade

  • Sérgio Luiz Bellei UFMG
Palavras-chave: Pós-verdade; Estudos Literários; Interpretações alocrátricas e autocráticas.

Resumo

Embora visível principalmente na esfera política, o que veio a ser conhecido como pós-verdade, ou seja, o conceito que aponta para circunstâncias em que a fronteira entre fato e ficção se torna intensamente porosa e em que crenças pessoais adquirem valor igual ou superior a fatos considerados objetivos, atinge também os estudos literários no meio acadêmico. É o que se pode verificar exemplarmente em interpretações recentes do conto “Bartleby, o escrevente”, escrito por Herman Melville  em 1853. Enquanto a hermenêutica tradicional definia a validade interpretativa em termos de uma contextualização rigorosa do texto em seu momento histórico e cultural, interpretações recentes associadas ao momento pós-moderno possibilitam a revalidação interpretativa em termos de escolhas idiossincráticas do sujeito leitor ou de sistemas arbitrários de pensamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sérgio Luiz Bellei, UFMG

Professor Titular de Teoria Literária na Faculdade de Letras da UFMG

Referências

AGAMBEM, Giorgio. Bartleby, ou da Contingência. Trad. Vinícius Hoensko. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015.

AGAMBEM, Giorgio. La comunità che viene. Torino: Giulio Einaudi Editore, 1993.

BARTHES, Roland. “O que é a Crítica? In Crítica e Verdade. São Paulo: Perspectiva, 1970.

BERKMAN Gisèle. L’Effet Bartleby: Philosophes Lecteurs. Paris: Hermann Éditeurs, 2011.

DERRIDA, Jacques. Writing and Difference, trad. Alan Bass. Chicago: University of Chicago Press, 1978.

CAPUTO, John D. More Radical Hermeneutics: On Not Knowing who we are. Bloomington: Indiana University Press, 2000.

FOUCAULT, Michel. “A Loucura, a Ausência da Obra”. In Ditos e Escritos I, 3ª Ed., Rio: Forense Universitária, 2010.

FULLER, Steve. Post-Truth: Knowledge as a Power Game. New York: Anthem Press, 2018.

HIRSCH, E. D. The Politics of Theories of Intepretation. Critical Inquiry, Chicago, vol. 9, nº 1, p. 235-247, Setembro 1982.

LACAN, Jacques. Écrits I, Paris: Éditions du Seuil, 1966.

MARX, Leo. “Melville’s Parable of the Walls”. Sewanee Review, Sewanee, Tennessee, 61, n. 153, 602-27, Abril 1953.

MELVILLE, Herman. Bartleby, o Escrevente. Trad. Bruno Gambarotto. São Paulo: Grua Livros, 2014.

WRIGHT, Andrew. Religion, Education and Postmodernity. London: Routledge, 2004.

Publicado
30-11-2021
Como Citar
Bellei, S. L. (2021). Os estudos literários na era da pós-verdade. Scripta, 25(54), 190-206. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2021v25n54p190-206