EDUCAÇÃO E INFÂNCIA: alguns apontamentos sobre o brincar das crianças

  • Rogério Rodrigues Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)
Palavras-chave: Educação, Psicanálise na Educação, Infância, Educação Infantil, Brincar

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo analisar o lugar do brincar das crianças na infância numa proposição crítica, tendo como referência a Psicanálise na Educação. O método utilizado tem como proposição investigativa o campo da teoria crítica no sentido de evidenciar o que é estranho no modo comum do brincar das crianças. Para tanto, serão reproduzidas e analisadas três pequenas cenas do cotidiano que se apresentam nas interações entre o educar e o brincar. As principais conclusões desse estudo indicam que, na modernidade, ocorre a precarização do brincar tanto no espaço urbano como no espaço escolar em subordinar o sujeito como objeto, principalmente, por destituir as condições criativas. Conclui-se que, no campo da gestão pública, mais propriamente, no setor do campo educacional, as novas configurações do brincar alteram a singularidade do sujeito e que, no plural do social, reduz-se em sujeitos alheios à própria cultura e destituídos de pensamento no sentido de elaborar a crítica.

Biografia do Autor

Rogério Rodrigues , Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)

Graduação em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP. Mestrado e doutorado em Educação pela Faculdade de Educação da UNICAMP (2004). Pós-doutorado na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, FE (USP). Docente Associado Nível IV da Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI. Professor e Pesquisador do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento, Tecnologias e Sociedade (UNIFEI)

Publicado
18-12-2019
Como Citar
Rodrigues , R. (2019). EDUCAÇÃO E INFÂNCIA: alguns apontamentos sobre o brincar das crianças. @rquivo Brasileiro De Educação, 7(16), 66-83. https://doi.org/10.5752/P.2318-7344.2019v7n16p66-83