O presente dossiê reúne trabalhos de pesquisadores que analisam as dimensões sociais, políticas e econômicas e culturais da História do Esporte. O esporte é uma das manifestações culturais mais importantes dos últimos séculos. Por possuir sua configuração articulada a outras dimensões sociais, econômicas e políticas, torna-se importante ferramenta na construção de representações de processos identitários regionais, de classe, de gênero, de etnia e de nação. Desde meados do século XIX, o esporte tem sido um elemento essencial na construção de culturas políticas vinculadas à ideia de identidade nacional. Em diferentes contextos, muitos agentes que atuaram na construção e legitimação das culturas e das identidades nacionais se valeram das práticas esportivas como referência simbólica. Fosse no campo político-partidário, no meio empresarial, no aparelho estatal, na imprensa ou no campo literário, a discussão sobre o significado social do esporte foi profundamente tensionado, na medida em que coexistiram projetos diferentes ou mesmo antagônicos de unidade nacional. Em âmbito nacional e internacional, o avanço da produção acadêmica estimulou a ampliação dos debates, das pesquisas, das fontes e das metodologias que tratam da articulação entre os esportes e as demais práticas corporais, com as peculiaridades e especificidades do local, bem como a sua relação com o global. Portanto, os artigos publicados neste dossiê revisitam temas que se articulam no entrecruzamento da história com o jornalismo, o lazer, o cinema, a literatura, as artes e as novas questões do tempo presente: neofascismos, nacionalismos, racismo, gênero.

Publicado: 07-12-2021

Edição completa

Expediente

Editorial

Dossiê - Artigos: História do Esporte