Alguns experimentos em arte e política // Some experiments in arts and politics

  • Bruno Latour, por Eduardo de Jesus PUC Minas
Palavras-chave: Globalização, arte e política, rede

Resumo

Partindo da distinção entre redes e esferas, o texto trata das situações contemporâneas em torno da globalização. O ponto de partida é a obra de Thomas Saraceno que com suas esferas e redes, segundo o autor, sinalizam uma potente metáfora da situação atual, especialmente nos questionamentos em torno das aproximações entre arte e política. Essas aproximações são posicionadas também numa vertente histórica reportando-se, para tal, ao diálogo entre Einstein e Bergson, entre arte e ciência, nas questões de tempo e espaço. O autor nos pergunta, quem é o dono do tempo e do espaço?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Latour, por Eduardo de Jesus, PUC Minas
É professor do Programa de Pós Graduação em Comunicação Social da Faculdade de Comunicação e Artes da PUC Minas. Mestre em Comunicação pela UFMG (2001) e Doutor em Artes pela ECA/USP (2008). Atua na área de audiovisual (cinema, vídeo e televisão), arte contemporânea e tecnologia. Desenvolve curadorias, entre as quais destaca-se: "esses espaços" (Belo Horizonte, 2010), Densidade Local , curadoria desenvolvida com Gunalan Nadarajan para o Festival Transitio-mx (Cidade do México, 2008), Mostra Fiat Brasil (2006), Assistência de curadoria do 15º Salão de Artes da Bahia (2007). Entre 2009 e 2010 coordenou junto com Jochen Volz o curso de especialização "Arte contemporânea: reflexão e crítica" numa parceria entre IEC-PUC Minas e Inhotim. Integra a diretoria da Associação Cultural Videobrasil.
Publicado
15-12-2011
Seção
TRADUÇÃO