Foco e Escopo

Estudos Internacionais: Revista de Relações Internacionais da PUC Minas é uma publicação destinada à investigação, o estudo e a promoção do debate sobre as grandes questões internacionais nas suas várias manifestações – política, econômica, cultural e societária. Nesta linha de raciocínio, compreende a análise e a divulgação de temas dominantes das Relações Internacionais – teoria e método, instituições internacionais, política externa e exterior, economia política, política internacional, segurança e conflitos internacionais – e daqueles transversais a este campo de conhecimento como integração e cooperação regionais, cooperação internacional, fluxos e redes transnacionais, paz e estabilidade internacional, regras e regimes internacionais.


Trata-se de um veículo de comunicação voltado para os especialistas em Relações Internacionais, bem como para aqueles direta ou indiretamente interessados no campo de conhecimento. Tem como meta a criação de um espaço de livre debate entre as matrizes teórico-metodológicas que constituem o campo, buscando sempre entendê-lo a partir da pluralidade e da diversidade dos fenômenos internacionais e das diferentes maneiras de se abordá-lo e interpretar suas manifestações

Processo de Avaliação por Pares

Todas as contribuições serão submetidas a arbitragem científica, com avaliação de pelo menos dois pareceristas, escolhidos entre os membros  da comunidade científica especializada em um sistema de "análise dupla cega" (double blind review).

Periodicidade

Este é um periódico quadrimestral, com novas edições sendo publicadas em Abril, Agosto e Dezembro.

Política de Acesso Aberto

Esse é um journal de acesso aberto o que significa que o acesso ao seu conteúdo é gratuito e imediato, sem taxas para todo usuário e/ou sua instituição. Usuários estão livres para ler, baixar, copiar, distribuir, printar, buscar, ou linkar o texto completo dos artigos aqui publicados. O que está em acordância com a definição BOAI de acesso livre.

Arquivamento

Esta revista utiliza a Cariniana Network para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração

Declaração de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Indexadores, Bases de Dados e Diretórios
 
Academia.edu
 
Actualidad Iberoamericana
 
BASE - Bielefeld Academic Search Engine
 
Crossref
 
Google Scholar
 
JournalTOCs
 
Latindex
 
LatinREV - Red Latinoamericana de Revistas Académicas en Ciencias Sociales y Humanidades
 
LivRe - Revistas de Livre Acesso
 
MIAR - Information Matrix for the Analysis of Journals
 
OCLC World Cat - Digital Collection Gateway
 
OAIster
 
PKP Index
 
REDIB - Red Iberoamericana de Inovación y Conocimiento Científico
 
Scopus
 
SIS - Scientific Indexing Services
 
SJR - Scimago Journal and Country Rank
 
Sumários de Revistas Brasileiras
 
ZBD - Zeitschriften Datenbank
 
DOI
 
Apenas a partir do V.4, n.1 (2016) é que os artigos estão identificados por DOI
 
 
Financiamento
 
Editora PUC-Minas

Administração Superior 

ADMINISTRAÇÃO DA PUC MINAS


GRÃO-CHANCELER
Dom Walmor Oliveira de Azevedo


REITOR
Professor Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães


VICE-REITORA
Professora Patrícia Bernardes


ASSESSOR ESPECIAL DA REITORIA
Professor José Tarcísio Amorim


CHEFE DE GABINETE DO REITOR
Professor Paulo Roberto de Sousa


SECRETÁRIO GERAL
Professor Ronaldo Rajão Santiago


PRÓ-REITORES E SECRETÁRIOS
Planejamento e Desenvolvimento Institucional – Professor Carlos Barreto Ribas;
Graduação – Professora Maria Inês Martins;
Pesquisa e Pós-graduação – Professor Sérgio de Morais Hanriot;
Extensão – Professor Wanderley Chieppe Felippe;
Gestão Financeira – Professor Paulo Sérgio Gontijo do Carmo;
Logística e Infraestrutura – Professor Rômulo Albertini Rigueira;
Recursos Humanos – Professor Sérgio Silveira Martins;
Diretor Executivo de Recursos Humanos - Prof. Eudes Weber Porto;
Secretaria de Cultura e Assuntos Comunitários – Professora Maria Beatriz Rocha Cardoso;
Secretaria de Comunicação: Prof. Mozahis Salomão Bruck;


PRÓ-REITORES DE CAMPI E UNIDADES:
Arcos: Professor Jorge Sundermann;
Barreiro: Professor Renato Moreira Hadad
Betim: Professor Eugênio Batista Leire;
Contagem: Professor Robson dos Santos Marques;
Poços de Caldas: Professor Iran Calixto Abrão;
São Gabriel: Professor Miguel Alonso de Gouvêa Valle;
Serro e Guanhães:
Professor Ronaldo Rajão Santiago.


EDITORA PUC MINAS


DIREITOR

Prof. Patrus Ananias de Sousa


COORDENAÇÃO EDITORIAL

Cláudia Teles de Menezes Teixeira


ASSISTENTE EDITORIAL

Maria Cristina Araújo Rabelo


REVISÃO

Virgínia da Mata Machado

ISSN

2317-773X

Declaração de São Francisco sobre a Avaliação da Pesquisa (DORA)

A Estudos Internacionais: Revista de Relações Internacionais da PUC Minas é signatária da Declaração de São Francisco sobre a Avaliação da Pesquisa (DORA)

Diretrizes Éticas e Boas Práticas na Publicação

O periódico Estudos Internacionais está de acordo com as diretrizes éticas e boas práticas produzidas pelo Comittee on Publication Ethics (COPE).


Todas as partes envolvidas no processo de publicação (os/as autores/as, o/a editor/a principal, o conselho editorial e os/as avaliadores/as) se comprometem com o cumprimento destes padres de conduta ética.


Decisões de publicação


O/a editor/a da revista é responsável por decidir quais artigos devem ser publicados. Ela/ela se orientará pelas regras do conselho editorial e obedecerá os critérios legais como os vigentes em matéria de difamação, infração de direitos autorais e plágio. O/a editor/a pode consultar outros/as editores/as ou revisores/as no processo de decisão, porém a decisão final não recairá sobre eles/elas.


Não discriminação


O/a editor/a avaliará os manuscritos sem considerar a raça, o gênero, a orientação sexual, a crença religiosa, a origem étnica, a nacionalidade ou as ideias políticas do/da autor/a. A decisão final será fundamentada na pertinência, originalidade, clareza, valor substantivo do estudo, bem como sua relevância e contribuição para o desenvolvimento da revista.


Confidencialidade


Nenhuma das pessoas que participem da equipe da revista revelará informação sobre um manuscrito recebido a pessoas que não estejam envolvidas diretamente no processo editorial, ou seja, o/a autor/a, potenciais revisores/as ou outros/as editores/as.


Revelação e conflitos de interesse


Os materiais inéditos apresentados em um manuscrito enviado não serão utilizados para pesquisas próprias por nenhuma das pessoas que a ele tenham acesso sem o consentimento expresso do/da autor/a.


Deveres e responsabilidades dos/as avaliadores/as


Contribuições para as decisões editoriais


A revisão por pares ajuda o/a editor/a no processo de tomada de decisão em matéria editorial e, através de comunicações editoriais com o/a autor/a, também podem ajudar a melhorar o trabalho.


Compromisso


Qualquer avaliador/a que não se sinta qualificado/a para revisar um manuscrito, ou que entenda que não pode cumprir os prazos propostos para uma revisão, deverá notificar o/a editor/a sobre isso com a máxima brevidade possível para que outros/as avaliadores/as possam ser contatados.


Confidencialidade
Qualquer manuscrito recebido deverá ser tratado como documento confidencial. Não deve ser mostrado ou discutido com outras pessoas exceto se houver autorização do/da editor/a.


Padrões de objetividade


Os/as avaliadores/as argumentarão todas suas decisões e afirmações para que o/a editor/a possa tomar as melhores decisões e os/as autores/as conhecem como melhorar o artigo. A crítica pessoal ao/à autor/a é inaceitável.


Reconhecimento das fontes


Os/as avaliadores/as devem identificar aqueles trabalhos relevantes já publicados que não tenham sido citados pelos/as autores/as. Igualmente, devem informar ao/à editor/a se e quando detectarem possibilidades de plágio.


Reconhecimento e conflitos de interesse


A informação privilegiada e em geral as ideias obtidas na revisão pelos pares devem permanecer confidenciais. Os/as avaliadores/as não revisarão manuscritos com os quais tenham possíveis conflitos de interesse, resultantes de relações competitivas, colaborativas ou de outras conexões com os autores, organizações, empresas ou instituições relacionadas com os manuscritos.


Deveres e responsabilidades dos/as autores/as


Padrões de publicação


Os/as autores/as devem apresentar uma discussão objetiva e clara do significado de sua pesquisa. O manuscrito deverá conter detalhes e referências que sejam suficientes e permitam a réplica dos/das avaliadores/as. As declarações fraudulentas ou deliberadamente imprecisas constituem um comportamento imoral e são consideradas inaceitáveis.


Acesso aos dados


Os/as autores/as podem ser demandados a enviar os dados brutos de sua pesquisa junto com seu texto original para fins de revisão editorial. Em qualquer caso, devem assegurar-se da acessibilidade dos dados para outros profissionais competentes durante pelo menos dez anos depois da publicação, com a condição de que a confidencialidade dos/as participantes possa ser protegida.


Originalidade e plágio
Os/as autores entregarão trabalhos originais e citarão os trabalhos e/ou palavras de outros/as de maneira apropriada.


Multiplicidade da publicação


Em geral, um/a autor/a não deveria publicar manuscritos detalhando a mesma pesquisa em mais de uma revista. Entregar o mesmo manuscrito a mais de uma revista concomitantemente constitui um comportamento pouco ético.


Reconhecimento das fontes


Sempre se deve reconhecer e citar adequadamente o trabalho de outros/as autores/as. Os/as autores/as devem citar as publicações que foram fundamentais na definição da natureza e do caráter do trabalho reportado. A informação obtida de forma privada, por exemplo, em uma conversa ou em entrevista, por correspondência ou ainda em uma discussão com terceiras partes não deve ser usada sem autorização explícita e por escrito da fonte.


Autoria


A autoria deverá limitar-se às pessoas que tenham contribuído de modo significativo para o manuscrito. A pessoa que envia o manuscrito deve assegurar-se de que todos os autores do texto figuram no manuscrito e que tenham aprovado a versão enviada para a revista.


Declaração de conflitos de interesse


Os/as autores/as devem incluir uma declaração que revele qualquer conflito de interesse que possam ser interpretados como fator de influência nos resultados ou na interpretação de seu manuscrito. Se o manuscrito que se apresenta é parte de alguma pesquisa financiada, deve-se indicar a agência e a fonte de financiamento.


Erros substantivos em textos publicados


Se o/a autor/a descobre erros ou imprecisões em seu trabalho, deverá comunicar esse fato à revista e cooperar a fim de solucionar tais erros.