Rupturas epistemológicas e o discurso sobre Deus. Uma leitura a partir de Michel Foucault. (Epistemological ruptures and discourse about God. A reading from Michel Foucault.) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2010v8n18p27

  • Flávio Augusto Senra Ribeiro PUC Minas
  • Helder de Souza Silva Pinto FAJE
Palavras-chave: Michel Foucault, Filosofia da Religião, Epistemologia, Deus, Ateísmo, Philosophy of religion, Epistemology, God, Atheism.

Resumo

O artigo apresenta o resultado da pesquisa que abordou a investigação sobre as rupturas epistemológicas e o discurso sobre Deus na obra As palavras e as coisas, de Michel Foucault. Intitulada como "Deus, as palavras e as coisas", a pesquisa parcialmente apresentada aqui pretende ser uma colaboração para a análise do que se tem identificado como fenômeno do neo-ateísmo, um tema de grande relevância para a Filosofia da Religião nos dias atuais. Para compreendê-lo, apresentam-se, seguindo a perspectiva foucaultiana, os distintos matizes epistemológicos que sustentam a concepção sobre Deus. Em seus três momentos, o texto apresenta a episteme renascentista e o discurso de Deus, a episteme clássica e a idéia sobre Deus e, por fim, a episteme moderna, a morte de Deus e a morte do homem. Acredita-se que aquilo que se decide na contemporaneidade não seja necessariamente o acabamento do tempo da morte de Deus e a consequente morte do homem, fruto do modo moderno de compreender  e tematizar o divino, o infinito, o absoluto ou o verdadeiro, mas uma clara disputa entre variadas perspectivas epistemológicas em suas concretizações científica, política, cultural e religiosa.

Palavras-chaves: Michel Foucault, Filosofia da Religião, Epistemologia, Deus, Ateísmo.

 

Abstract

The article presents the results of research that investigate on epistemological ruptures and speaking about God in The Order of Things writhed by Michel Foucault. Entitled as "God, words and things," this research partially presented here is intended as collaboration for the analysis of what has been identified as phenomenon of neo-atheism, a topic very important for the Philosophy of Religion today. To understand it, we present, following the Foucaultian perspective, the different epistemological nuances underpinning conception of God. In her three moments, the text presents the Renaissance episteme and the God's discourse, the classical episteme and the idea of God and, finally, the modern episteme, the death of God and man's death. It is believed that what is decided in the contemporary is not necessarily the finish time of the death of God and the consequent man's death, the fruit of modern way of understanding and themes on the divine, the infinite, the absolute or true, but a clear dispute between different epistemological perspectives in their political, cultural and religious diversity achievements.

Key words: Michel Foucault; Philosophy of Religion;Epistemology; God; Atheism. 

Biografia do Autor

Flávio Augusto Senra Ribeiro, PUC Minas

Filósofo. Doutor em Filosofia pela Universidad Complutense de Madrid (2004). Coordenador e professor do Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião – PPGCR PUC Minas. Orientador da Dissertação de Mestrado de Helder de Souza Silva Pinto intitulada “Deus, as palavras e as coisas. Investigação sobre as rupturas epistemológicas e o discurso sobre Deus na obra As palavras e as coisas de Michel Foucault”, defendida na FAJE em 07 de maio de 2010.

 

Helder de Souza Silva Pinto, FAJE
Filósofo. Mestre em Filosofia pela FAJE (2010). Professor na PUC Minas.
Publicado
23-11-2010
Como Citar
RIBEIRO, F. A. S.; PINTO, H. DE S. S. Rupturas epistemológicas e o discurso sobre Deus. Uma leitura a partir de Michel Foucault. (Epistemological ruptures and discourse about God. A reading from Michel Foucault.) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2010v8n18p27. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 8, n. 18, p. 27-64, 23 nov. 2010.