Festas devocionais em Mazagão Velho (AP): crenças e rituais na história de uma sociedade

Main Article Content

Adriene dos Anjos Noronha

Resumo

Este trabalho apresenta uma pesquisa sobre a religiosidade em Mazagão Velho (AP), expressa por meio das festas devocionais que ali ocorrem, buscando compreendê-las como um elemento histórico de coesão social. Para tanto, parte-se do estudo da mentalidade formada no Brasil colônia com sua ideologia de expansão da fé cristã. É nesse contexto que toma forma o catolicismo popular. A localidade escolhida como base para este estudo apresenta especificidades que a tornam um caso único. Ela traz a memória das antigas lutas entre cristãos e mouros ainda no Marrocos, onde foi primeiramente fundada, sendo posteriormente transferida para o Brasil no século XVIII. Além disso, apresenta um rico processo de interação com os indígenas e africanos, caracterizando-a como uma sociedade multicultural. Essa história ainda é marcada pela degradação social ocorrida no final do século XVIII. Contudo, mesmo passando por diversos reveses, a comunidade subsistiu e mantém-se viva até os dias atuais. Como principal prática social, destacam-se as festas devocionais, que são eventos coletivos que congregam elementos, como as crenças e os rituais que expressam a vida em sociedade. Também fazem parte dessas festas as manifestações culturais surgidas a partir do encontro das culturas ali presentes. Para entender essa longa história, a ideia de coesão social foi essencial. Neste sentido, a pesquisa buscou mostrar que essa comunidade manteve sua existência graças à coesão social ali formada e sustentada pela religiosidade que se manifesta, de maneira mais efetiva, por meio das festas em devoção aos santos católicos em um ciclo que se renova a cada ano. Para tanto, o trabalho foi realizado por meio de uma abordagem interdisciplinar, com uma análise que compreende tanto uma perspectiva histórica quanto uma abordagem sociológica. Para isso, houve a observação de algumas festas in loco, a pesquisa documental e a pesquisa bibliográfica. Conclui-se que as festas devocionais são eventos sociais fortemente marcados pela tradição histórica do local. Ademais, a continuidade histórica dos acontecimentos mostra que, diante dos problemas passados pela localidade, a sociedade encontrou forças na união de seus moradores, nas tradições e na memória de seus antepassados, fortalecendo-se por meio da realização das festas devocionais.

Article Details

Como Citar
NORONHA, A. DOS A. Festas devocionais em Mazagão Velho (AP): crenças e rituais na história de uma sociedade. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 15, n. 47, p. 1076-1077, 30 set. 2017.
Seção
Dissertações e Teses/Dissertations and Theses (Resumo/Abstract)
Biografia do Autor

Adriene dos Anjos Noronha, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Mestre em Ciências da Religião pelo PPG em Ciências da Religião da PUC Minas