“Nascido de Mulher” (Gl 4,4)

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Waldecir Gonzaga

Resumo

O texto bíblico de Gl 4,4 é o único texto paulino no qual encontramos uma menção de Paulo à mãe do Filho de Deus, no contexto da unidade literária da perícope Gl 4,1-7, onde o Apóstolo faz sua demonstração bíblica da nossa filiação divina pela fé em Cristo Jesus, demarcando o “coração” desta pequena unidade literária. Paulo toca na temática da encarnação de Cristo e de nossa adoção filial. Ao afirmar que Cristo “nasceu de mulher” Paulo quer dizer que Cristo é plenamente homem. Mais ainda, quando afirma que “nasceu sob a lei”, ele quer dizer que Cristo pertencia ao povo judeu, com toda a sua tradição judaica em termos religiosos, políticos, sociais e culturais. Embora seja uma passagem difícil, vale a pena analisar alguns detalhes deste texto. Ademais, sendo a única menção paulina sobre a mãe do Filho de Deus, este texto tem suscitado muitas discussões, visto que a formulação paulina não é tão clara como nos Evangelhos, onde encontramos o nome desta mulher: Maria, e que ela era virgem. Enfim, um estudo sobre a Mãe do Filho de Deus no Novo Testamento, para ser completo, não pode ignorar o texto paulino de Gl 4,4.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
GONZAGA, W. “Nascido de Mulher” (Gl 4,4). HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 17, n. 53, p. 1194, 31 ago. 2019.
Seção
Artigos/Articles: Temática Livre/Free subject
Biografia do Autor

Waldecir Gonzaga, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Doutorado em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma e Pós-Doutorado pela FAJE (BH, Brasil), Diretor do Departamento de Teologia da PUC-Rio e Professor de Sagrada Escritura: Graduação e Pós-Graduação. Rio de Janeiro / RJ – Brasil.  E-mails: waldecir@puc-rio.br / waldecir@hotmail.com