Os sentidos da magia: práticas rituais, sacerdotes e clientes nos terreiros de Macapá

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Lorran Lima

Resumo

A presente dissertação articula-se a partir de três dimensões: a história das religiões afro-brasileiras no Amapá, a concepção sobre magia com base em rituais oferecidos enquanto serviços religiosos, e a relação entre clientes e o terreiro, assim como a transição desses para família de santo. Propondo uma análise sobre os sentidos acionados e produzidos a partir da noção de magia nas religiões afro-brasileiras a fim de observar como é percebida e como são caracterizadas as práticas rituais, levando em consideração os trabalhos atrelados à busca de soluções de problemas como: relacionamento, finanças e saúde. A pesquisa etnográfica foi desenvolvida em terreiros da capital do estado do Amapá, Macapá. No entanto, o caráter etnográfico permeia dados que vão além do recorte dos terreiros, ao apresentar, também, a trajetória religiosa dos sacerdotes assentada em suas memórias. A pesquisa possibilita a compreensão de como sacerdotes e clientes interseccionam o entendimento sobre as práticas rituais afro-religiosas defendidas enquanto magia, atribuindo a eficácia e eficiência dos ritos direcionados para diversos fins.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
LIMA, L. Os sentidos da magia: práticas rituais, sacerdotes e clientes nos terreiros de Macapá. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 17, n. 53, p. 1336, 31 ago. 2019.
Seção
Dissertações e Teses/Dissertations and Theses (Resumo/Abstract)