Neopentecostalismo na mentalidade do povo brasileiro: um deslocamento da fé para o mercado

  • Paulo Passos Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Palavras-chave: história, history, sociologia, sociology, religião, religion

Resumo

A ascensão das denominações pentecostais no mercado formal da religiosidade brasileira simboliza uma verdadeira quebra de paradigmas. Da marginalidade, do estigma de “seita” que caracteriza este segmento, passaram a ocupar um plano privilegiado no campo econômico e espiritual. Essa exponencial visibilidade social em detrimento de outras denominações religiosas, sobretudo da católica, baliza o marco contextual dessa pesquisa.  Entremeio a uma inusitada percepção espiritual da pós-modernidade, ou simplesmente um mega projeto de marketing, o fato é que os neopentecostais ocupam uma posição de destaque no mercado religioso brasileiro. As novas possibilidades de percepção do sagrado são corolários do espaço urbano. Verdadeira profusão de entendimento e amplitude da realidade faz das concepções explicativas vinculadas ao tradicionalismo religioso uma leitura romântica e inverossímil. Porém, nesse mesmo espaço, enquanto uma minoria declara-se sem religião, uma multidão de pessoas lota os templos pentecostais. Em boa medida, o espaço exerce uma pressão no direcionamento das escolhas individuais, entretanto são as condições socioeconômicas que acabam por representar um dos fatores mais significativos desse processo.

Palavras-chave: história, sociologia, religião

Abstract

The ascension of Pentecostals denominations in the formal market of Brazilian religiosity symbolizes a real breach of paradigms. From marginality or from the stigma of “sect” that characterizes this segment, they proceeded to occupy a privileged plan in economic and spiritual field. This exponencial social visibility in detriment of other religious denominations, especially the Catholic, guides the contextual landmark of this research. In the middle of an unusual spiritual perception of post modernity, or simply a mega marketing project, the fact is that the neopentecostals occupy a position of prominence in Brazilian religious market. The new possibilities of perception of the sacred are corollaries of urban space. True profusion of understanding and breadth of reality makes the explanatory concepts related to religious traditionalism into a romantic and improbable reading. However, in the same space, while a minority declares itself as no religion, a crowd of people fills the Pentecostal churches. Largely, the space exerts a pressure on the direction of individual choices, but the socioeconomic conditions turns out to be one of the most significant factors in this process.

Key words: history, sociology, religion.

 

        

Biografia do Autor

Paulo Passos, Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Doutorando em Ciências da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás, professor universitário nas áreas de sociologia, história e cultura brasileira.
Publicado
20-12-2009
Como Citar
PASSOS, P. Neopentecostalismo na mentalidade do povo brasileiro: um deslocamento da fé para o mercado. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 7, n. 15, p. 167-177, 20 dez. 2009.
Seção
Comunicações/Papers-Communications