Rudolf Otto e Edmund Husserl: considerações acerca das origens do método da Fenomenologia da Religião (Rudolf Otto and Edmund Husserl: considerations about the origins of the method of the Phenomenology of Religion) - DOI 10.5752/P.2175-5841.2009v7n15p122

Raimundo José Barros Cruz

Resumo


Como em qualquer área do conhecimento, os estudos realizados pelas Ciências das Religiões viram-se marcados por revoluções histórico-paradigmáticas determinantes, que favoreceram o surgimento do método da Fenomenologia da Religião. O objetivo deste trabalho constitui-se, portanto, na tentativa de apresentar esse processo de revolução paradigmática, como também a caracterização do contexto favorável ao seu surgimento. Para tanto, retomaremos momentos históricos, estudiosos importantes e superações metodológicas, procurando conferir destaque ao método fenomenológico de Husserl como o possibilitador das condições de surgimento da fenomenologia do sagrado de Otto, que, por sua vez, põe a experiência religiosa como fenômeno originário suficiente para descrição e avaliação do que nasce da relação do ser humano com o sagrado.  A análise fenomenológica proposta por Rudolf Otto, além de superar metodologias de cunho positivista, abriu novos caminhos. Ao introduzir os conceitos de Mysterium tremendum et fascinans, o autor possibilitou aos estudos desenvolvidos na área das Ciências das Religiões, o contato, a valorização e a investigação das experiências puramente antropológicas resultantes da relação entre o humano e o sagrado.

Palavras-chave:Husserl, Otto, Fenomenologia.    

 

Abstract

As well as in any area of knowledge, the studies made by the Sciences of the Religions were marked by many determinant historical paradigmatic revolutions, which came to aid the rise of the Religion’s Phenomenology’s method. The goal of this study is to attempt, therefore, not only the presentation of this process of paradigmatic revolution but also to reveal the characterization of the favorable context of its emergence. For all that, we will bring back historical moments and important studious man, methodological overcomes; bestowing in focus Husserl’s phenomenological method as a facilitator of the emergence conditions of Otto’s sacred phenomenology, who in turn, grants the religious experience originating as a sufficient phenomenon to the description and evaluation of what comes from the relationship between the human being and the sacred. The phenomenological analysis proposed by Rudolf Otto, it overcomes positivist methodologies imprint, broke new ground. By introducing the concepts of Mysterium tremendum et fascinans, the author made it possible for studies in the area of Sciences of Religions, contact, recovery and research experiences purely anthropological as a relationship between the human and sacred.

Key Words: Husserl, Otto, Phenomenology.

 


Palavras-chave


Husserl, Otto, Fenomenologia, Husserl, Otto, Phenomenology.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5752/P.2175-5841.2009v7n15p122

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Esta obra está licenciada sob uma Attribuiton 4.0 Internacional:  
Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)

 

Redes Sociais:

 

 

Filiada: Apoio:

Logotipo do IBICT

 

 

 

Indexadores e Repositórios/Banco de dados:


Latindex Sumários de Revistas   Brasileiras



 

Presença em algumas bibliotecas no exterior: