Diálogo entre a tradição bíblica e a construção do discurso teológico ambiental cristão (Dialogue between bible’s tradition and the environment christian theological discourse construction)

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Amelia Ferreira Martins Limeira
Maristela Oliveira de Andrade

Resumo

A tradição bíblica tem inspirado leituras e interpretações ecológicas por parte de teólogos de vertentes cristãs diversas, dentre os quais podemos destacar: Carriker, Reimer, Schaeffer e Stott. O objetivo deste artigo é apresentar alguns textos das Escrituras Sagradas judaico-cristãs e o modo como estes têm sido interpretados por teólogos cristãos vinculados à vertente reformada à luz de uma leitura ecológica. Um corte epistemológico foi feito reconhecendo nestes teólogos posições ideológicas heterogêneas a fim de preservar a re(leitura) dos textos bíblicos escolhidos sob a perspectiva ecológica. White Júnior (1967), historiador americano, escreveu um artigo em que responsabilizava o Cristianismo pela crise ambiental. Este discurso tem sido confrontado ao longo das últimas décadas por várias vertentes cristãs e os teólogos escolhidos para o diálogo neste artigo defendem posições contrárias ao que foi declarado por White Júnior, à época. O caminho para o diálogo entre estes teólogos foi buscado a partir da concepção de que o discurso é uma construção social (Foucault, 2009). A partir da análise dos diálogos estabelecidos entre os teólogos escolhidos e suas re(leituras) dos textos bíblicos é possível concluir que esta nova teologia tem o papel de conscientização, como resposta à crise ambiental, no âmbito das igrejas evangélicas.

Palavras-Chave: Discurso. Ecologia. Bíblia. Teologia.

 

Abstract: The biblical tradition has inspired environmental readings and interpretations by Christian theologians of various aspects, among which we highlight: Carriker, Reimer, Schaeffer and Stott. The aim of this paper is to present a brief overview of the Judeo-Christian Scriptures and how they have been interpreted by Christian theologians linked to strand reformed in the light of an ecological reading. An epistemological cut was made recognizing these theologians and their heterogeneous ideological positions in order to preserve the re(read) of the biblical texts chosen under the ecological perspective. White Jr. (1967), American historian, wrote an article that blamed Christianity for the environmental crisis. This speech has been confronted over the past several decades by the Christian spectrum and the theologians chosen for dialogue in this article advocate contrary positions to what was stated by White Jr., at the time. The path to the dialogue between these theologians was sought from the idea that speech is a social construction (Foucault, 2009). From the analysis of the dialogue established between the theologians and their chosen re(readings) biblical texts is possible to conclude that this new theology has the role of awareness in response to environmental crisis within the evangelical churches.

Key-words: Speech. Ecology. Bible. Theology.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
LIMEIRA, A. F. M.; ANDRADE, M. O. DE. Diálogo entre a tradição bíblica e a construção do discurso teológico ambiental cristão (Dialogue between bible’s tradition and the environment christian theological discourse construction). HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 10, n. 26, p. 603-618, 3 jul. 2012.
Seção
Comunicações/Papers-Communications
Biografia do Autor

Amelia Ferreira Martins Limeira, Universidade Federal da Paraíba Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Licenciada em Letras pela Universidade Federal da Paraíba (2005). Concluinte do Curso de Teologia no Seminário Teológico Evangélico Betel Brasileiro, em João Pessoa, PB. Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente da Universidade Federal da Paraíba na área de Gerenciamento Ambiental (2011) Servidor Técnico Administrativo em Educação da Universiidade Federal da Paraíba. Missionária da Primeira Igreja Evangélica Batista do Jardim Veneza em João Pessoa, PB, com exercício eclesiástico na Congregação Evangélica Batista em Cidade Verde, João Pessoa, PB..

Maristela Oliveira de Andrade, Universidade Federal da Paraíba Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Católica de Pernambuco (1978) e doutorado Troisieme Cycle - IHEAL - Universite de Paris III (Sorbonne-Nouvelle) (1983). É Professor Associado III da Universidade Federal da Paraíba. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Teoria Antropológica, atuando principalmente nos seguintes temas: religiosidades e movimentos religiosos, memória, desenvolvimento e meio ambiente, cultura regional e populações tradicionais.