Religious / Spiritual: Differences in Substance or Style? (Ser “Religioso/a” ou “Espiritualizado/a”: Diferenças Essenciais ou de Estilo?) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2012v10n28p1280

Main Article Content

Kevin Lee Ladd
Meleah Ladd

Resumo

Enquanto estudiosos debatem os termos “espiritualizado/a” e “religioso/a”,  surgem no cenário pessoas que prontamente se auto-identificam como sendo “espiritualizadas mas não religiosos/as” (SNR) ou  “religiosas mas não espiritualizadas” (RNS) ou ainda como sendo, simultaneamente, “espiritualizadas e religiosas” (BSR), ou então, “nem espiritualizadas nem religiosas (NONE). Este estudo investigou como estas categorias auto identificatórias relacionam-se à essência e estilo das orações das pessoas e  outras características com base em crenças religiosas. Participantes (N = 103) responderam a uma pesquisa via internet. RNS e SNR não apresentaram respondentes suficientes para uma análise. Não houve distinção entre os BSR e SNR  em relação à essência de suas orações e percepções de Deus como amor ou controle. Igualmente, os dois grupos valorizaram suas posições de fé para se auto-identificarem. BSR relataram maior proximidade de Deus. Os respondentes das categorias BSR e SNR foram significativamente diferentes em muitas características relacionadas aos estilos (por exemplo, frequência aos cultos; frequência e duração da oração; idade da primeira oração). Estes dois grupos foram semelhantes em suas preferências pela prática da oração a sós. Tais resultados sugerem que as diferenças que designam as categorias “espiritualizado/a”  e/ou “religioso/a” podem ter mais a ver com o estilo do que a essência do sistema de fé abraçado.

Key words: Religioso/a. Espiritualizado/a. Oração. Essência. Estilo.

Abstract

While scholars debate the terms “spiritual” and “religious,” people readily self-identify as “spiritual not religious (SNR),” “religious not spiritual (RNS),” “both spiritual and religious (BSR),” or “neither spiritual nor religious (NONE).” This study investigated how these self labels related to the substance and style of people’s prayers and other faith-based features. Respondents (N = 103) completed an internet survey. RNS and NSR did not have enough respondents for analysis. BSR and SNR groups were indistinguishable with regard to the substance of their prayers and perceptions of God as loving or controlling. Likewise the two groups equally valued their faith positions as important for self-identity. BSR reported greater nearness to God. BSR and SNR respondents were significantly different on many style related characteristics (e.g., attendance at formal services; frequency and duration of prayer; age at first prayer). They were similar in their preferences for praying alone. These results suggest that the differences between claiming the designation of “religious” and / or “spiritual” may have more to do with the style than the substance of the faith system embraced.

Palavras-chave: Religious. Spiritual. Prayer. Substance. Style.

Article Details

Como Citar
LADD, K. L.; LADD, M. Religious / Spiritual: Differences in Substance or Style? (Ser “Religioso/a” ou “Espiritualizado/a”: Diferenças Essenciais ou de Estilo?) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2012v10n28p1280. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 10, n. 28, p. 1280-1294, 24 dez. 2012.
Seção
Artigos/Articles: Temática Livre/Free subject
Biografia do Autor

Kevin Lee Ladd, Indiana University South Bend

Professor Associado. Departamento de Psicologia. Professor e Pesquisador na área de Psicologia da Religião. Coordenador do Laboratório de Psicologia da Religião.

Meleah Ladd, University of Notre Dame

Doutoranda em Teologia. Professora na University  of Notre Dame, Notre Dame, Indiana, USA,