Paul Ricoeur e a lógica do perdão

Walter Ferreira Salles

Resumo


Meu objetivo é refletir sobre a lógica do perdão como manifestação da justiça a partir da contribuição filosófica de Paul Ricoeur. Pretendo igualmente refletir sobre o papel da tradição cristã nas leis e na política a partir da perspectiva da justiça. Para tanto, esse debate será articulado em torno de três pressupostos fundamentais: primeiro, a lógica do perdão está para além do esquecimento e da vingança; segundo, o perdão se insere na perspectiva do dom e da gratuidade; enfim, a ideia de reabilitação do ser humano capaz de ser bom e justo que está presente nas lógicas do perdão e da justiça judiciária. Em minha opinião, esta é uma maneira de dar sentido ao discurso religioso em nossa cultura secular.


Palavras-chave


justiça; perdão; religião; Ricoeur

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5752/P.2175-5841.2019v17n52p414-435

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Esta obra está licenciada sob uma Attribuiton 4.0 Internacional:  
Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0)

 

Redes Sociais:

 

 

Filiada: Apoio:

Logotipo do IBICT

 

 

 

Indexadores e Repositórios/Banco de dados:


Latindex Sumários de Revistas   Brasileiras



 

Presença em algumas bibliotecas no exterior: