Tendências da produção científica brasileira na área de Letras sobre letramento acadêmico na formação de professores

  • Elisa Bragança Curi Magalhães de Souza Professora da educação básica em Niterói
  • Jéssica do Nascimento Rodrigues UFF
Palavras-chave: Letramento acadêmico, Letramento docente, Formação de professores, Estado da arte

Resumo

Apesar de decorrer das práticas sociais vivenciadas pelos universitários, o ensino da escrita acadêmica tem sido pouco presente nos cursos de licenciaturas. Isso se reflete na formação desses estudantes e futuros professores, que costumam apresentar lacunas no ler-escrever textos da esfera acadêmica. Considerada ainda a escassez de produções científicas brasileiras acerca desse tema, este estudo busca investigar as principais tendências da produção científica sobre letramento acadêmico na formação de professores na área de Letras, publicadas no banco de teses da CAPES, entre 2013 e 2017, visando mapear os desafios e as contribuições do debate acerca do letramento acadêmico na formação de professores. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica do tipo estado da arte que considera os trabalhos completos de dissertações e teses publicadas nessa plataforma e desenvolvidas no contexto brasileiro. Nessa investigação, encontraram-se apenas quatro trabalhos publicados sobre o tema na área de Letras, reafirmando a necessidade de investimento em pesquisa para avançar nas imbricações entre letramentos acadêmicos e letramento docente.

Biografia do Autor

Elisa Bragança Curi Magalhães de Souza, Professora da educação básica em Niterói

Professora da educação básica em Niterói, Mestre em Psicologia Social (UNIVERSO) e graduada em Psicologia (FAMATh) e em Letras/ Literaturas (UFF). Foi bolsista PIBIC de 2018 e 2019, orientada pela Dr.ª Jéssica do Nascimento Rodrigues. ORCID ID: https://orcid.org/0000-0002-4513-8519.

Jéssica do Nascimento Rodrigues, UFF

Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense, líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Leitura e Escrita Acadêmica (GEPLEA) e coordenadora do Programa de Extensão Laboratório de Letramentos Acadêmicos (LabLA). ORCID ID: https://orcid.org/0000-0002-5859-0571.

Referências

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011
BEZERRA, B. Letramentos acadêmicos e construção da identidade: a produção do artigo científico por alunos de graduação. Linguagem em (Dis)curso, v. 15, n. 1, p. 61-76, 2015.
FERREIRA, M. M.; LOUSADA, E. G. Ações do Laboratório de Letramento Acadêmico da Universidade de São Paulo: promovendo a escrita acadêmica na graduação e na pós-graduação. Ilha Desterro [online], v. 69, n. 3, p. 125-140, 2016.
LEA, M. R.; STREET, B. V. Student writing in higher education: An academic literacies approach. Studies in Higher Education, Abingdon, Oxon, UK, v. 23, n. 2, 1998.
LÊDO, A. C de O. Letramentos acadêmicos: práticas e eventos de letramento na educação a distância. 2013. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Centro de Artes e Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2013.
PEREIRA. B. G. Relocalização de saberes acadêmicos na construção de vozes de professores em formação inicial na escrita acadêmica convencional e reflexiva. 2016. Tese (Doutorado em Letras) - Programa de Pós-Graduação em Letras: Ensino de Língua e Literatura, Universidade Federal do Tocantins, Araguaína, 2016.
PREISCHARDT, B. F. Letramentos acadêmicos em um curso de letras/inglês: o discurso do projeto político pedagógico e o discurso de alunos e egressos. 2015. Dissertação (Mestrado em Letras) – Centro de Artes e Letras, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2015.
RUSSELL, D. et al. Exploring notions of genre in “Academic Literacies” and “Writing across the Curriculum”: approaches across countries and contexts. In: Bazerman, Charles; Bonini, Adair and Figueiredo, Débora eds. Genre in a Changing World: perspectives on Writing. Colorado: WAC Clearinghouse/Parlor Press, 2009. p. 459–491.
SILVA, F. J. da C.; CARVALHO, M. E. P. de. O estado da arte de pesquisas educacionais sobre gênero e educação infantil: uma introdução. In: REDE FEMINISTA NORTE E NORDESTE DE ESTUDOS E PESQUISA SOBRE A MULHER E RELAÇÕES GÊNERO: perspectivas feministas de gênero: desafios no campo da militância e das práticas, 18, 2014. Recife. Anais... Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, 2014.
SOUZA, M. G. de; BASSETTO, L. M. T. Os processos de apropriação de gêneros acadêmicos (escritos) por graduandos em letras e as possíveis implicações para a formação de professores/pesquisadores. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, Belo Horizonte, v. 14, n. 1, p. 83-110, 2014.
VALSECHI, M. C.; PEREIRA, S. L. M. (Des)caminhos para o letramento do professor no espaço da formação docente. In: KLEIMAN, Angela B.; ASSIS, Juliana Alves. (org.). Significados e ressignificações do letramento: desdobramentos de uma perspectiva sociocultural sobre a escrita. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2016. p. 411-440.
VIANNA, C. A. D.; SITO, L.; VALSECHI M. C.; PEREIRA, S. L. M. Do letramento aos letramentos: desafios na aproximação entre letramento acadêmico e letramento do professor. In: KLEIMAN, A. B.; ASSIS, J. A. (org.). Significados e Ressignificações do Letramento: desdobramentos de uma perspectiva sociocultural sobre a escrita. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2016. p. 27- 59.
VIEIRA, R. de A.; MACIEL, L. S. B. Fonte investigadora em educação: registros do banco de teses da CAPES. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 33, n. 2, p. 353-367, maio/ago. 2007.
ZIEGLER, F. L. S. Letramentos acadêmicos de alunos de letras de uma universidade do sul do Brasil. 2015. Dissertação (Mestrado em Letras) – Centro de Artes e Letras, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2015.
Publicado
08-07-2020
Como Citar
Souza, E. B. C. M. de, & Rodrigues, J. do N. (2020). Tendências da produção científica brasileira na área de Letras sobre letramento acadêmico na formação de professores. Scripta, 24(50), 257-281. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2020v24n50p257-281