O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

Como parte do processo de submissão, os autores devem verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

Os textos devem ser submetidos na página eletrônica da revista após o cadastro como autor (http://periodicos.pucminas.br/index.php/arquivobrasileiroeducacao/about/submissions), seguindo-se os passos de submissão. Em caso de alguma dificuldade sobre a submissão e a publicação de seu artigo, entre em contato com o editor Teodoro Zanardi pelo e-mail revistapged@pucminas.br.

@rquivo Brasileiro de Educação publica artigos originais de pesquisadores doutores dos diversos programas de pós-graduação, nacionais e internacionais, das áreas de Ciências da Educação, e ciências afins que pesquisam temas na perspectiva dos descritores da revista e suas fronteiras.

Os textos devem ser digitados em Word, tamanho Carta (21,59 x 27,94 mm), orientação “retrato”, fonte 12, Georgia, em espaço 1,5, com as seguintes margens: superior e inferior de 2,5 cm e direita e esquerda de 3,0 cm. As citações com mais de 3 linhas devem ter recuo em 4cm, fonte 10, espaço entre linhas simples. Na editoração, os textos terão diagramação no padrão gráfico da revista. Tabelas, gráficos e desenhos não podem ocupar mais de 25% do total do texto, devendo ser numerados com algarismos arábicos.

Os artigos deverão ter o mínimo de 15 e o máximo de 25 laudas (aproximadamente entre 40.000 e 60.000 caracteres com espaços). As resenhas não deverão ultrapassar 5 laudas (até 15.000 caracteres com espaços). Textos maiores poderão ser autorizados, a partir da avaliação da Comissão Editorial, e o registro dessa solicitação deverá ser feito como observação na submissão. Todos os textos devem ser postados corrigidos.

Limita-se a três autores por artigo submetido, sendo pelo menos um doutor, e todos os autores devem ser cadastrados na plataforma ORCID. 

A Comissão Editorial e as Editorias reservam-se o direito, em pré-avaliação, de apontar correções e complementações necessárias nos trabalhos recebidos, devolvendo-os aos autores para sua devida adequação às normas da @rquivo Brasileiro de Educação. Trabalhos submetidos que forem plagiados serão cancelados.

No caso de se apontar, na pré-avaliação, para a reclassificação de seção, por exemplo, de submissão em Dossiê para Temática Livre, ou o contrário, os autores serão notificados e deverão se manifestar sobre a aceitação ou recusa dessa indicação.

Todos os textos avaliados que tiverem indicação de correções obrigatórias, apontadas em parecer e/ou comentários, deverão ser revistos pelos autores e devolvidos para nova avaliação no prazo de 10 dias úteis.

Os elementos de apresentação da autoria (última titulação, resumo da biografia, filiação institucional, cidade, estado, país, e-mail) serão informados nos metadados, no processo de submissão.  Solicita-se que, antes de transferir o trabalho, sejam retirados os dados de identificação do(s) autor(es), bem como sejam apagadas as identificações em “Arquivo/Propriedades/Resumo” do Word, de forma que a avaliação seja cega (sistema de duplo cego ou Double Blind Review).

Artigos

Exigências para os textos submetidos como Artigos:

Título

Os títulos dos artigos devem estar, obrigatoriamente, em português e inglês.

Resumo

Os artigos devem vir acompanhados de um resumo bilíngue (português/inglês), de mesmo teor, apresentando com clareza e concisão:

  • o tema do trabalho;
  • os objetivos;
  • a metodologia utilizada;
  • as conclusões.

Exige-se que o resumo tenha, necessariamente, entre 150 e 200 palavras.

Palavras-chave

Em número mínimo de 3 e máximo de 6, indicam o conteúdo do artigo e devem ser escolhidas, preferencialmente, em catálogo de vocabulário controlado, se houver Tesauro na área do tema.  Devem ser separadas por ponto.  O título e as palavras-chave também deverão ser apresentados em português e inglês.  Os textos em espanhol serão apresentados com resumo, título e palavras-chave em espanhol/inglês/português.

Estrutura dos artigos

Os artigos devem respeitar a seguinte sequência:

  • título (curto; solicita-se não utilizar títulos longos com vírgulas e muitas pontuações);
  • título traduzido para o inglês;
  • resumo;
  • palavras-chave;
  • abstract (não utilizar tradução de “tradutores automáticos” da Web);
  • key-words (não utilizar tradução de “tradutores automáticos” da Web);
  • introdução;
  • texto com subtítulos e notas de rodapé (usar numeração sequencial. Exemplo: 1, 2, 2.1, 2.2, 2.3, 3, 4...);
  • conclusão
  • referências (bibliográfica e outras).

Observações:

  • não utilizar tradução automática da Web para título, abstract e key-words;
  • não numerar a introdução, a conclusão e as referências;
  • os artigos devem ter entre 15 e 25 laudas (aproximadamente entre 40.000 e 60.000 caracteres com espaços).

 Resenhas

As resenhas de livros devem apresentar: nome do autor do livro (e tradutor, se relevante), título, cidade, editora, ano da publicação, número de páginas e título do livro traduzido para o inglês.  Os elementos de identificação do autor da resenha serão registrados nos metadados, na submissão: filiação institucional, resumo da biografia e titulação máxima, e-mail, endereço para correspondênciaAs resenhas são avaliadas por membro da Comissão, pelo editor de seção e editor. Devem ter até 5 laudas (até 10.000 caracteres com espaços).

Resumos de Dissertações e Teses

A revista aceita submissão dos resumos que serão publicados em seção própria. Esses resumos devem trazer os seguintes elementos:  autor, título, ano, nº de folhas,  natureza do trabalho e área (dissertação ou tese em...), programa de pós-graduação, instituição de Ensino Superior e local. O título, o resumo e as palavras-chave devem vir acompanhados também da tradução para o inglês. Em nota de rodapé devem ser informados o nome do orientador, a data da defesa e, se houver, a classificação/nota do trabalho. A avaliação dessa seção é feita por membro da Comissão Editorial, pelo editor de seção e editor.

NORMALIZAÇÃO em @rquivo Brasileiro de Educação (Referências bibliográficas)

Trechos ou informações retiradas das publicações consultadas são introduzidos no texto com o propósito de esclarecer ou completar as ideias do autor.

  • Citação livre: quando se reproduzem as ideias, sem transcrever as palavras do autor. Exemplo: Como lembra Cury (2012, p. 30) o diálogo entre a educação e os direitos humanos é fundamental para o mundo atual.
  • Citação textual: transcrição literal de textos de outros autores. Exemplo: A realidade educacional brasileira revela-se plural, um “pluralismo de tipo peculiar, que o caráter desigual, em que as políticas de transferência condicionada de renda não conseguiram superar.” (REIS, 2015, p. 38).
  • Se a citação ocupar um espaço maior que três linhas, deve ser destacada do texto, recuada em 4 cm, fonte 10, Times New Roman, em espaço entrelinhas simples, terminando com a margem direita do texto, sem aspas, com a mesma referência acima (REIS, 2015, p. 38).

 Referências Bibliográficas (passam a se chamar apenas Referências)

As referências devem ser dispostas em ordem alfabética pelo SOBRENOME do primeiro autor, no final do artigo e seguir as normas da ABNT e PUC Minas/Horizonte, como nos exemplos:

  • Livros - LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. Metodologia do trabalho científico2. ed. São Paulo: Atlas, 1986.
  • Capítulos de livros - JOHNSON, W. Palavras e não palavras. In: STEINBERG, C. S. Meios de comunicação de massa. São Paulo: Cultrix, 1972. Cap. 3, p. 47-66.
  • Dissertações e teses - BITENCOURT, C. M. F. Pátria, civilização e trabalhoO ensino nas escolas paulistas (1917-1939). São Paulo, 1988. 180 f. Dissertação (Mestrado em História) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo.
  • Artigos em periódicos - ARAÚJO, V. G. de. A crítica musical paulista no século XIX: Ulrico Zwingli. ARTEunesp, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 59-63, 1991.
    WERNECK, Humberto. Dona Chiquita: as primeiras estórias de Guimarães Rosa. Minas Gerais, Belo Horizonte, 23 nov. 1968. Suplemento Literário, p. 3.
  • Documentos eletrônicos -SILVA, I. Pena de morte para o nascituro. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 19 set. 1998. Disponível em: <http://www.providafamilia.org/pena_morte_nascituro.htm>. Acesso em: 29 set. 1998.
  • Obs. NÃO USAR traços ( _______. ) para SOBRENOMES repetidos. REPETIR o sobrenome.

Ex.:  BOFF, Leonardo. A águia e galinha. Petrópolis: Vozes, 1998.

BOFF, Leonardo. Saber cuidar. Petrópolis: Vozes, 2000.

Outros tipos de referência ou qualquer dúvida quanto ao PADRÃO PUC MINAS DE NORMALIZAÇÃO da ABNT, consultar: <https://portal.pucminas.br/biblioteca/documentos/ABNT-Elaborar-formatar-artigo-cientifico-novo-final.pdf>.

Artigos

Política padrão de seção

Artigos/Articles: Dossiê/Dossier

Esta Seção publica artigos científicos originais, de pesquisadores doutores (autores e coautores), conforme o tema da "Chamada para Publicação", dentro do escopo da revista. A partir de 2016, com a periodicidade quadrimestral, cada volume (3 números) publica pelo menos 18 artigos, ou seja 06 trabalhos em cada Dossiê.

Artigos/Articles: Dossiê-Tradução/Dossier-Translation

@rquivo Brasileiro de Educação publica traduções de textos inéditos em português, especialmente com o objetivo de acesso a pesquisas e temáticas importantes e articulados com os descritos da revista, que estejam dentro da Chamada do Dossiê e que sejam de pesquisadores doutores (autores e coautores).

Os artigos submetidos pelo(s) autor(es) serão avaliados pela relevância temática e adequação ao Dossiê, e em razão de possível limitação na circulação internacional ou divulgação no Brasil, especialmente pelo meio de publicação original.

Os textos deverão ser ampliados em algumas de suas partes de forma a atender à estrutura exigida pela revista. Também passarão pelos mesmos processos de avaliação dos demais artigos. Se aprovados, haverá a identificação da forma e da fonte originais de publicação.

Política de Privacidade

DECLARAÇÃO DE PRIVACIDADE

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

PERIODICIDADE

Com fluxo contínuo a partir de 2019, a revista @rquivo Brasileiro de Educação também publica números especiais em razão de temas e questões emergentes.

A revista teve periodicidade semestral até 2015 e, de 2016 a 2018, passou a ser editada e publicada quadrimestralmente. 

POLÍTICA DE ACESSO LIVRE

ACESSO LIVRE INTEGRAL (free access): oferecer acesso livre imediato ao seu
conteúdo integral, seguindo o princípio de disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público, pois proporciona maior democratização de acesso e de divulgação desse conhecimento. Abrir a possibilidade de cadastramento para a recepção, gratuita, das informações sobre as últimas publicações, via correio eletrônico.

SOBRE O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DOS TRABALHOS

A revista encaminha os artigos a checklist, à apreciação da Comissão Editorial e editores. São avaliadas a originalidade, a adequação e coerência ao escopo de @rquivo Brasileiro de Educação, a relevância do tema, a formatação e a estrutura do texto, a unidade e articulação, a linguagem, a redação e a utilização das normas da ABNT/PUC Minas.
Os trabalhos submetidos passarão por uma avaliação inicial, que contempla: 1) análise em softwares antiplágio (havendo qualquer ocorrência que possa caracterizar plágio, os autores serão imediatamente informados e o processo avaliativo suspenso); 2) verificação de todos os itens listados no checklist para avaliação inicial de trabalhos; 3) verificação da pertinência do texto à linha editorial e ao escopo da revista. Textos em desacordo com qualquer desses itens serão recusados pela Comissão Editorial.
Após essa etapa, seguirá para a avaliação por pares. Os trabalhos que atenderem aos itens acima serão encaminhados, às cegas, a pelo menos dois avaliadores (de instituições diferentes das dos autores), que se orientarão por um roteiro de avaliação.
Para permitir a avaliação às cegas por parte dos pareceristas, é imprescindível que a versão enviada do trabalho não tenha identificação de autoria, inclusive no corpo do texto, rodapé, referências ou nas propriedades do arquivo. Nas citações e referências de obras dos próprios autores, deve-se usar (AUTOR1, ANO) apenas, sem apresentar título ou outras informações sobre a publicação, para preservar o anonimato.