Os ditos, os não-ditos e os modos de dizer a crise pós-Lava-Jato na revista Petrobrás

  • Lidiane Pinheiro Universidade do Estado da Bahia

Resumo

O envolvimento do alto escalão da Petrobras com crimes diversos tornou-se conhecido com a Operação Lava Jato. A empresa conhecida pelo slogan “o desafio é a nossa energia” passou a ter um novo desafio no âmbito comunicacional: o que dizer, o que não dizer e como dizer a crise provocada pelas denúncias de corrupção para os seus públicos? A pesquisa tem por objeto os discursos da Petrobras sobre a crise e visa entender os não-ditos, os enunciados e os modos de enunciar da companhia em tal contexto. O artigo realiza a análise dos discursos da Revista Petrobras, de 2014 a 2016, e observa que a organização constrói um discurso nacionalista e elogioso de si, a partir de uma projeção metonímica do seu corpo funcional, confundindo-o muitas vezes com a própria empresa, mas exigindo dele engajamento

Publicado
12-02-2020
Seção
ARTIGOS