Processos midiáticos, mediações e as ressignificações da técnica

Resumo

Nesse texto, que se trata de uma revisão bibliográfica, realizamos articulações teóricas, que não se propõem conclusivas, para discutir sobre a constituição dos processos midiáticos através das relações e atravessamentos entre a comunicação, a técnica e as mediações. O primeiro ponto destina-se a reflexões introdutórias sobre os processos midiáticos e interpenetrações entre a técnica a cultura e o social. O segundo ponto discute relações entre a comunicação e a técnica acionando efeitos das mediações e da reconfiguração de narrativas e de processos pelos atores sociais. O terceiro ponto problematiza como os processos de leitura, interpretação e apropriações diversas e diferenciadas que os atores sociais fazem dos mecanismos midiáticos, pode possibilitar ressignificações técnicas.

Biografia do Autor

Leila Sousa, UFMA/ UNISINOS

Professora do curso de jornalismo da Universidade Federal do Maranhão – Campus Imperatriz (UFMA). Doutoranda em Ciências da Comunicação (Unisinos), com estágio de doutorado sanduíche na Universidade Autônoma de Barcelona (UAB) e na Universidade Pompeu Fabra (UPF), através do grupo de pesquisa “TransGang”, no período, foi bolsista CAPES de Doutorado Sanduíche no exterior, no âmbito do PRINT. Integrante do grupo de pesquisa PROCESSOCOM (UNISINOS). Mestre em Comunicação pelo PPGCOM- UFPI (2014). Graduada em Comunicação pela UESPI (2011). Mais informações: https://orcid.org/0000-0003-2335-0858. Contato: leilasousa.pi@gmail.com.

Publicado
20-07-2020
Seção
ARTIGOS