A persistência de formas da vida religiosa na modernidade (The persistence of forms of the religious life in modernity)

Main Article Content

Breno Martins Campos

Resumo

O processo de desenvolvimento da história (e demais ciências) das religiões, com objeto e metodologia próprios, pode ser analisado por meio das discussões que aprofundaram as relações entre a defesa do caráter racionalista do homem ocidental e a persistência de formas religiosas de expressão no transcorrer dos séculos XIX e XX (bem como neste início de século XXI). Por meio do estudo da história da teologia e das religiões, são estabelecidos critérios para o julgamento das convergências entre movimentos religiosos, também de suas especificidades, aqui discutidos à luz de pressupostos subjacentes em obras de Émile Durkheim (1858-1917), Rudolf Otto (1869-1937) e Mircea Eliade (1907-1986). A escolha dos autores se justifica pelo fato de representarem, cada qual a seu modo, estágios teórico-analíticos no desenvolvimento das ciências das religiões que abarcam o conflito entre racionalismo ocidental e formas religiosas. Pelo que guardam de semelhança ou contradição, especialmente pela presença do sagrado em sua argumentação, os três autores vêm a confirmar uma suspeita (do religioso) ou hipótese (do cientista): a religião persiste.
Palavras-chave: Ciências da Religião. Teologia. Émile Durkheim. Rudolf Otto. Mircea Eliade.

Abstract
The process of the development of History (and other sciences) of Religions, with its object and methodology, can be analyzed by the discussions that deepened the relations between the defense of the rationalist character of the western man and the persistence of religious forms of expression in the 19th and 20th centuries (as well as in the beginning of the 21th century). Studying the History of Theology and of Religions, the criteria for the judgment of the convergences within religious movements can be established, as well their specificities, discussed here under the subjacent ideas found in Émile Durkheim (1858-1917), Rudolf Otto (1869-1937) and Mircea Eliade (1907-1986). The selection of these authors can be justified by the fact that they represent each one on his own way, the theoretical analytical stages in the development of the Sciences of Religions that enclose the conflict between western rationalism and religious forms. Considering what they have in common and in contradiction, especially for the presence of the holy in their argumentation, the three authors confirm a suspicion (of the religious man) or a hypothesis (of the scientist): the religion persists.

Keywords: Sciences of Religion. Theology. Émile Durkheim. Rudolf Otto. Mircea Eliade.

 

Article Details

Como Citar
CAMPOS, B. M. A persistência de formas da vida religiosa na modernidade (The persistence of forms of the religious life in modernity). HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 10, n. 27, p. 1028-1041, 11 out. 2012.
Seção
Comunicações/Papers-Communications
Biografia do Autor

Breno Martins Campos, Professor e pesquisador no Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (CCHSA) da Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Doutor em Sociologia pela PUC-SP, mestre em Ciências da Religião (área de concentração: Ciências Sociais e Religião) pela UMESP, licenciado em Ciências Sociais pela UNICAMP, bacharel em Ciências Sociais (Sociologia e Política) pela UNICAMP e bacharel em Teologia pelo SPS (com integralização de créditos e validação de diploma pela EST/São Leopoldo). Professor e pesquisador no Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (CCHSA) da Pontíficia Católica de Campinas (PUC-Campinas)