A dimensão simbólica e espiritual da biodiversidade nas cosmologias indígenas e abordagens filosóficas (The symbolic and spiritual dimension of biological diversity in indigenous cosmologies approaches) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2010v8n17p11

Main Article Content

Maristela Oliveira de Andrade

Resumo

Este trabalho propõe uma reflexão em torno da biodiversidade, a partir da crítica à política de conservação da diversidade biológica, estabelecida pela Convenção sobre Biodiversidade, considerando que ela se encontra impregnada de uma lógica utilitária e econômica. Mesmo reconhecendo os efeitos dos saberes e práticas das comunidades tradicionais como forma de manejo sustentável da biodiversidade, ela é omissa em relação à dimensão simbólica e espiritual presente nas cosmologias indígenas e seu papel conservacionista. A abordagem proposta aqui foi norteada por uma análise da dualidade entre animalidade e humanidade, através de um breve exame de cosmologias indígenas sul-americanas e reflexões filosóficas. A partir de alguns fragmentos de narrativas cosmológicas procurou-se mostrar que as fronteiras entre animalidade e humanidade desaparecem. A tentativa de construir um diálogo entre cosmologias indígenas e reflexões filosóficas teve o intuito de conduzir a análise para o campo religioso da relação com o divino, como experiência de imanência.  

Palavras-chave: biodiversidade; cosmologias indígenas; animalidade.

 

Abstract

This work discusses biological diversity through a criticism of the biological diversity conservation policy established by the Convention of  Biological Diversity, viewed here as impregnated with a utilitarian and economical logic. Although this policy recognizes the knowledge and practices of traditional communities as a tool for the sustainable management of biological diversity, it ignores the spiritual and symbolic dimension of the indigenous cosmologies and its conservationist role. The approach proposed here was guided by an analysis of the duality between animality and humanity, involving a brief examination of South American indigenous cosmologies and philosophical reflections. Through the study of a few fragments of cosmological narratives it is showed that the boundaries between animality and humanity disappear. The attempt to build a dialogue between indigenous cosmologies and philosophical reflections aimed at placing the analysis in the field of the relationship with the divine, as an immanent experience.

Key words: biodiversity; indigenous cosmologies; animality. 

Article Details

Como Citar
ANDRADE, M. O. DE. A dimensão simbólica e espiritual da biodiversidade nas cosmologias indígenas e abordagens filosóficas (The symbolic and spiritual dimension of biological diversity in indigenous cosmologies approaches) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2010v8n17p11. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 8, n. 17, p. 11-25, 30 jun. 2010.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier
Biografia do Autor

Maristela Oliveira de Andrade, ufpb

Profa. Dra. lotada no Departamento de Ciências Sociais (área de antropologia) da Universidade Federal da Paraíba, participa do Programa de Pós-Graduação de Ciências das Religiões e Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente. Coordena o Grupo Interdisciplinar de Estudos em Religiosidade