O mensageiro, o alcorão e o sagrado: alguns apontamentos a partir da Ciência da Religião

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Marcelo Lopes

Resumo

O Islã é uma das religiões que mais que cresce no tempo presente. Não obstante, sobretudo no Ocidente, ainda há certo preconceito em relação a essa religião, talvez pelo desconhecimento de suas verdadeiras crenças e práticas. Em vista disso, o presente texto pretende refletir um pouco sobre a religião islâmica. Para tanto, arbitramos três tópicos significativos para proceder à reflexão: o seu mensageiro, o seu livro sagrado e o seu sagrado propriamente dito. Através da lente da Ciência da Religião, focamos, em primeiro lugar, a experiência religiosa do seu profeta fundador ― Muhammad. Em seguida fizemos alguns apontamentos sobre seu livro sagrado ― o Alcorão, e, por fim, abordamos alguns aspectos de seu sagrado, mormente em relação à sua divindade ― Allah e aos seres espirituais nos quais creem os muçulmanos. Assim, o escopo deste trabalho é iluminar alguns aspectos dessa religião ainda pouco perscrutada no Brasil, e, por fim, levantamos algumas questões que, pensamos, são pertinentes ao objeto ora em tela.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
LOPES, M. O mensageiro, o alcorão e o sagrado: alguns apontamentos a partir da Ciência da Religião. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 13, n. 38, p. 1122-1138, 3 jul. 2015.
Seção
Comunicações/Papers-Communications
Biografia do Autor

Marcelo Lopes, Universidade Federal de Juiz de Fora

Doutorando em Ciência da Religião (Religião, Sociedade e Cultura) pelo Programa de Pós-graduação em Ciência da Religião da Universidade Federal de Juiz de Fora.