A luta pela terra no Brasil: sinal da passagem de Deus

Main Article Content

Jaldemir Vitório

Resumo

O tema da posse e do usufruto da terra, no Brasil, tornou-se problema desde a chegada dos conquistadores portugueses, no início do séc. XVI. Arrancada das mãos dos habitantes primitivos do solo brasileiro, a propriedade fundiária tornou assunto da Coroa Portuguesa, que transformou sua nova colônia em reservatório de inesgotáveis recursos naturais. As lutas para superar a exploração dos colonizadores começou desde cedo, numa tentativa de dar à terra sua destinação social, para além da visão mercantilista europeia. O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) inscreve-se numa larga epopeia de luta pela terra, numa guerra sem trégua contra o latifúndio, tendo no horizonte a utopia do acesso de todos à terra, de modo especial, quem dela depende para trabalhar, produzir e sobreviver, na contramão do agrobusiness e sua ação destruidora do solo e do recursos naturais. Uma leitura teológica da ação MST detecta, nas entrelinhas do movimento, os sinais da passagem de Deus, como na história do Povo de Israel, libertado da terra da escravidão e conduzido à terra da fraternidade. 

Article Details

Como Citar
VITÓRIO, J. A luta pela terra no Brasil: sinal da passagem de Deus. HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 15, n. 47, p. 797-827, 29 set. 2017.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier
Biografia do Autor

Jaldemir Vitório, FAJE

Doutor em Teologia