A Igreja Católica e o Ensino Religioso no Brasil (1889-1930)

Main Article Content

Eraldo Leme Batista

Resumo

Neste artigo apresentamos o debate em torno da educação nos primórdios do século XX no Brasil, quando ocorreu um profícuo debate sobre o papel educacional na sociedade, tendo de um lado a Igreja Católica e a defesa do ensino religioso nas escolas públicas e, em outra posição, os educadores vinculados ao escolanovismo e à defesa da laicidade. Apontaremos as principais teses que nortearam essa contenda, enfatizando as divergências entre esses dois grupos. O objetivo deste trabalho, portanto, é apresentar brevemente um histórico referente à separação entre Estado e Igreja Católica após a proclamação da República, bem como elucidar a rearticulação dessa instituição destacando as contradições entre a Igreja e os educadores vinculados à Educação Nova. Entendemos que a questão da laicidade foi importante nesse processo, contribuindo para o acirramento das diferenças entre Igreja e os defensores do Estado laico. No campo do conhecimento, historiadores, sociólogos, cientistas políticos, filósofos e religiosos vêm debruçando-se acerca desse tema, apresentando estudos, análises e considerações tanto na defesa, bem como com críticas à introdução do ensino religioso nas escolas públicas brasileiras. Este trabalho é resultado de pesquisa bibliográfica empreendida em artigos científicos, livros, dissertações e teses sobre o tema proposto.

Article Details

Como Citar
BATISTA, E. L. A Igreja Católica e o Ensino Religioso no Brasil (1889-1930). HORIZONTE - Revista de Estudos de Teologia e Ciências da Religião, v. 18, n. 55, p. 61, 30 abr. 2020.
Seção
Artigos/Articles: Dossiê/Dossier
Biografia do Autor

Eraldo Leme Batista, PUC-CAMPINAS

Doutor em Educação pela Unicamp. País de origem: Brasil. E-mail: eraldo_batista@hotmail.com

Referências

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da educação e da pedagogia: geral e do Brasil. 3. ed. São Paulo: Moderna, 2006.
BRASIL. [Constituição (1824)]. Constituição Política do Império do Brasil. Carta de Lei de 25 de Março de 1824. Rio de Janeiro: Coleção de Leis do Império do Brasil, 1824. v. 1, p. 7. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao24.htm. Acesso em: 20 out. 2019.
BRASIL. [Constituição (1891)]. Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil. Diário do Congresso Nacional, Rio de Janeiro, 24 fev. 1891, p. 523. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/consti/1824-1899/constituicao-35081-24-fevereiro-1891-532699-publicacaooriginal-15017-pl.html. Acesso em: 20 out. 2019.
BRASIL. [Constituição (1934)]. Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil. Diário Oficial da União, Rio de Janeiro, 16 jul. 1934. Seção 1, suplemento, p. 1. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/consti/1930-1939/constituicao-1934-16-julho-1934-365196-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 20 out. 2019.
CECHETTI, Elcio. A laicização do ensino no brasil (1889-1934). Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, 2016.
CECHETTI, Elcio; SANTOS, Ademir Valdir dos. O Ensino Religioso na escola brasileira: alianças e disputas históricas. Acta Scientiarum Education, Maringá, v. 38, n. 2, p. 131-141, Apr.-June, 2016. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciEduc/article/view/26790. Acesso em: 12/07/2020.
FERREIRA JR., Amarilio. História da educação brasileira: da colônia ao século XX. São Carlos: EDUFSCAR, 2010.
FERREIRA JR., Amarilio; BITTAR, Marisa. Pluralidade linguística, escola de bê-á-bá e teatro jesuítico no Brasil do século xvi. Educação & Sociedade, Campinas, v. 25, n. 86, p. 171-195, abr. 2004.
GHIRALDELLI JR., Paulo. História da educação brasileira. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2008.
GONZALEZ, Keila Patrícia; CARVALHO, Leonardo Chaves de. A trajetória histórica do ensino religioso na escola pública brasileira: discussões sobre as atuais configurações do ensino religioso no país. Anais Sciencult – Simpósio Científico-Cultural, v. 6, n. 11, Paranaíba, p. 1-14, 2015.
MARIANO, R. Efeitos da secularização do Estado, do pluralismo e do mercado religiosos sobre as igrejas pentecostais. Civitas, Porto Alegre, v. 3, n. 1, p. 112-125, jun. 2003. Disponível em: revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/Civitas/article/download/. Acesso em: 4 out.2019.
RODRIGUES, Edile Maria Fracaro. História do ensino religioso no Brasil. In: KLEIN, Remi; BRANDENBURG, Laude Erandi; JUNQUEIRA, Sérgio Rogério Azevedo (org.). Compêndio do ensino religioso. Petrópolis: Vozes, 2017.
SANTOS, Rodrigo Oliveira dos. Movimento institucional das pessoas favoráveis e contrárias ao ensino religioso. In: KLEIN, Remi; BRANDENBURG, Laude Erandi; JUNQUEIRA, Sérgio Rogério Azevedo (org.). Compêndio do ensino religioso. Petrópolis: Vozes, 2017.
SAVIANI, Dermeval. História do tempo e tempo da história: estudos de historiografia e história da educação. Autores Associados: Campinas, 2015.
SAVIANI, Dermeval. História das ideias pedagógicas no Brasil. 4. ed. Campinas: Autores Associados, 2013.
ZEFERINO, Joycimar Lemos Barcellos. Relação escola e religião na década de 30: o impacto do Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova. Anais Congresso Nacional de Educação, Curitiba, v. 22, 2015.