Há limites para o consumo?

Palavras-chave: consumo, publicidade, América Latina

Resumo

A autora Clotilde Perez, em obra lançada em 2020, reúne, em quatro capítulos, elementos para que seja possível responder à pergunta que dá nome ao livro “Há limites para o consumo?” A obra traz investigações sobre o consumo de distintas épocas, demonstrando – de forma antropológica, histórica e semiótica – como, dos séculos XVII ao XXI, foram construídas as perspectivas entre o consumo e a sociedade, dando atenção especial ao lugar cultural da aquisição na América Latina. O livro se propõe a refletir sobre os padrões de consumo atuais e questiona a ideia de felicidade e de progresso que, em algumas regiões globais, está diretamente ligada ao consumo desenfreado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thais Oliveira, Universidade Federal de Minas Gerais

Mestranda no Programa de Pós-graduação em Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais (PPGCOM-UFMG), thais.lott.oliveira@hotmail.com, http://lattes.cnpq.br/2645785519207133.

Referências

CANCLINI, Néstor García. Consumidores e cidadãos: conflitos multiculturais da globalização. Rio de Janeiro: UFRJ. 2010.

MCCRACKEN, Grant. Cultura e consumo. Rio de Janeiro: Mauad, 2003.

PEREZ, Clotilde. Há limites para o consumo? Barueri: Estação das Letras e Cores Editora, 2020.

Publicado
18-12-2023