Neoliberalismo, precarização do trabalho e sentimento de liberdade em "Estou me guardando para quando o carnaval chegar"

Palavras-chave: trabalho, precarização, neoliberalismo, cinema, documentário

Resumo

Neste artigo, analisa-se o documentário "Estou me guardando para quando o carnaval chegar" (2019), apontando como a progressiva adesão social à razão neoliberal (Dardot; Laval, 2016) e à reestruturação produtiva (Antunes, 2009) conduzem a processos que fortalecem a precarização do trabalho, ensejando, contraditoriamente, ideias de liberdade, independência e autonomia. A metodologia baseia-se na análise discursiva audioverbovisual do documentário, por meio da reflexão sobre os processos de formação discursiva das cenas (Brandão, 1993; Foucault, 2000). O objetivo é discutir como as dimensões de sentido emergentes no material estudado se colocam pela fricção entre os discursos sonoros e visuais, ponderando sobre as potencialidades conflitivas e gerativas que a interseção dessas materialidades engendra, revelando quadros tensionados referentes às múltiplas formas de precarização do trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcela Borges Paterlini, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Ouro Preto, com Bolsa UFOP financiada pela CAPES. Graduada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto. 

Denise Figueiredo Barros do Prado, Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)

Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Ouro Preto. Coordenadora do Grupo de Pesquisa em Mídia e Interações Sociais - GIRO. Doutora em Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais. 

Referências

ALVIM, Joaquim Leonel de Rezende; CASTRO, Carla Appollinario; NUNES, Tiago de Garcia. Empreendedorismo Tupiniquim: notas para uma reflexão. Revista Estado, Finanças e Tributação, Niterói, v. 1, n. 1, jan./jun. 2018.

ANTUNES, Ricardo. Adeus ao trabalho? Ensaio sobre as metamorfoses e a centralidade do mundo do trabalho. São Paulo: Cortez, 2016.

ANTUNES, Ricardo. Os Sentidos do Trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. 2. ed. São Paulo: Boitempo, 2009.

BRANDÃO, Maria Helena Nagamine. Análise do Discurso. In: BRANDÃO, Maria Helena Nagamine. Introdução à análise do discurso. Campinas: Editora da Unicamp, 1993. p. 7-46.

BROWN, Wendy. Cidadania sacrificial, neoliberalismo, capital humano e políticas de austeridade. Trad. Juliane Bianchi Leão. Rio de Janeiro: Zazie Edições, 2018.

FERNANDES, Cíntia Sanmartin; HERSCHMANN, Micael; BARROSO, Flávia Magalhães. Corpo, cidade e festa: as “performances do dissenso” no carnaval de rua carioca. Interin, v. 24, n. 1, p. 157-175, dez. 2019.

HAN, Byung-Chul. Sociedade do cansaço. Petrópolis: Vozes, 2015.

HAN, Byung-Chul. Psicopolítica: O neoliberalismo e as novas técnicas de poder. Belo Horizonte: Editora yiné, 2018.

DARDOT, Pierre; LAVAL, Christian. A nova razão do mundo: ensaio sobre a sociedade neoliberal. São Paulo: Editora Boitempo, 2016.

DRUCK, Maria Graça. A precarização social do trabalho no Brasil: alguns indicadores. In: ANTUNES, R. (org.) Riqueza e miséria do trabalho no Brasil II. São Paulo: Boitempo, 2013. p. 60-73.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. Martins Fontes: São Paulo, 2000.

LIRA, Paulo V. R. A. et al. Superexploração e desgaste precoce da força de trabalho: a saúde dos trabalhadores de confecção. Trabalho, Educação e Saúde, v. 18, n. 3, 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1981-7746-sol00275.

MARX, Karl. Seção 16 – O salário. Capítulo 19 – O salário por peça. In: MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. Livro I: o processo de produção do capital [1867]. Trad. Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2013. p. 411-419.

NICHOLS, Bill. O que dá aos documentários uma voz própria? In: NICHOLS, Bill. Introdução ao documentário. 4. ed. Trad. Mônica. Saddy Martins. Campinas: Papirus, 2009. p. 72-92.

SOUTO, Mariana. O operário e o trabalho no cinema brasileiro documental: uma série histórica. In: ENCONTRO ANUAL DA COMPÓS, 29., Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande (MS), 2020. Anais [...].

Publicado
18-12-2023