O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

Diretrizes para os autores

A revista Dispositiva aceita contribuições de professores e pesquisadores Doutores, Doutorandos, Mestres e Mestrandos em coautoria com Doutor em Comunicação e áreas afins.

As submissões devem obedecer aos seguintes requisitos:

  • O texto em português, inglês, francês ou espanhol deve ser inédito em revista nacional. Se estiver sendo avaliado por outra revista, justificar em "Recomendações ao Editor".
  • O artigo completo deve ter até 40 000 caracteres com espaço, incluindo elementos pré e pós-textuais. As entrevistas e traduções até 10 000 caracteres, com espaço. As resenhas até 12 500 caracteres com espaço.
  • O documento deve ser formatado em Times New Roman, corpo 12,  espaçamento de 1,5 cm, recuo primeira linha (parágrafo) 1,25 cm, seguindo normas da ABNT.
  • O  resumo deve ter até 800 caracteres com espaço. Deve ser em português e  em inglês, em Times New Roman, corpo 10,  seguido por três  a  cinco palavras-chave em português e inglês, Times New Roman, corpo 10.
  • As imagens digitais, gráficos e tabelas devem ficar no corpo do texto. Além disso, devem ser enviados como documentos suplementares em formato JPG com resolução de 150 dpi.
  • O arquivo anexado deverá ser enviado em terminação doc. O tamanho limite é de 2MB.
  • Tanto os artigos assinados quanto as imagens e/ou áudio enviados são de responsabilidade do(s) autor(es) .
  • Referências bibliográficas devem vir ao final do texto; as notas de rodapé devem vir nas suas respectivas páginas de entrada. 
  • A identificação de  autoria do texto deve ser removida do arquivo e da opção Propriedades no Word para que o critério de sigilo da revista seja preservado no processo de avaliação por pares (Avaliação cega).

ARTIGOS

Aceita artigos inéditos em periódicos nacionais na área de Comunicação Social escrito por doutores, doutorandos e mestres. Mestrandos podem submeter trabalhos desde que em coautoria com doutores.

O trabalho deve ter até 40 000 caracteres com espaço; em Times New Roman, corpo 12, espaço de 1,5 cm. Enviar resumo em português e  em inglês, em Times New Roman, corpo 10  com  até  800 caracteres com  espaço. Ele deve ser acompanhado por três a cinco palavras-chave em inglês e português.

ENTREVISTA

Tem o objetivo de  dialogar com pesquisadores e pensadores. É um espaço  para discussão de idéias que contribuam para a compreensão e análise das produções veiculadas tanto pelos sistemas midiáticos  já estabelecidos quanto por outras experiências alternativas de criação e distribuição.

As entrevistas devem ser em português e ter  até 10 000 caracteres com espaço. Resumo em português e  em inglês, em Times New Roman, corpo 10, com até 800 caracteres com  espaço.

TRADUÇÃO

Seção destinada a receber texto inédito em português que contribua com reflexões relacionadas à linguagem e mediação sociotécnica assim como  à midiatização e processos de interação.

A tradução  deve ter até 10 000 caracteres, com espaço, em Times New Roman, corpo 12, espaço de 1,5 cm. Enviar resumo em português e em inglês, em Times New Roman, corpo 10, com até 800 caracteres com  espaço.

PALAVRA

A seção Palavra abre espaço, a cada edição da Dispositiva, para que um autor aborde, em modo de verbete, um conceito, noção, uma ideia.  Assim, os verbetes expressos nesta seção podem referir-se a aspectos direta ou indiretamente associados ao campo comunicacional a partir de perspectivas, abordagens, associações e articulações nocionais propostas pelos autores.

DISSERTAÇÕES

Dissertações defendidas no Programa de Pós-graduação em  Comunicação Social da Faculdade de Comunicação e Artes da PUC Minas no semestre anterior ao da publicação da edição vigente.

REVIEW

Acolhe trabalhos críticos sobre publicações recém-lançadas em português, inglês, francês ou espanhol. Espera-se que o autor-resenhista discuta e aprofunde a reflexão apresentada no trabalho avaliado.

A resenha deve ter até 12 500 caracteres com espaço,  resumo em português e  em inglês, em Times New Roman, corpo 10, com até 800 caracteres com  espaço.

Dossiê: Comunicação, política e saúde

Convidamos pesquisadorxs da área a submeter artigos para o dossiê "Comunicação, política e saúde" da Dispositiva, revista do PPGCom da PUC Minas, avaliada com Qualis B2 (coleta de 2019 / provisória).

Desde 11 de março de 2020, quando a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou a pandemia de Covid-19 e a doença começou a afetar mais diretamente a vida dos brasileiros, pesquisadores das mais diversas áreas do conhecimento voltaram suas atenções para este acontecimento. As reviravoltas nos campos da política, da saúde e também da comunicação têm proporcionado reflexões que envolvem desde os novos modos de nos relacionarmos ao papel dos meios de comunicação na desinformação ou na prevenção da doença e às condicionantes e implicações sociais da doença.

Este dossiê busca explorar a confluência dos três campos - comunicação, política e saúde coletiva - e tem a pretensão de valorizar especialmente a pesquisa científica no campo das ciências sociais e humanas, demonstrando que a saúde extrapola a perspectiva das áreas biológicas. Para além da já estabelecida perspectiva em comunicação e saúde (que não está limitada à comunicação em saúde ou para a saúde), a proposta deste dossiê também busca valorizar a relação com os estudos da comunicação política.


Algumas temáticas de interesse:

- Dinâmicas e impactos das tecnologias de comunicação e informação nas políticas públicas de saúde, no cotidiano, nas relações de trabalho ou nas relações interpessoais

- Internet e circulação de desinformação sobre questões de saúde

- Campanhas negacionistas relacionadas à saúde

- Cidadania, participação política e ação coletiva envolvendo a saúde pública

- Monitoramento de cobertura jornalística e crítica de mídia com foco em saúde

- Direito à informação e saúde

- Processos comunicativos envolvendo o fortalecimento do SUS e os ataques a ele

- Comunicação política e comunicação pública envolvendo saúde coletiva

- A pauta da saúde na agenda dos Três Poderes

- As condicionantes sociais e políticas das pandemias, dos surtos e das epidemias

- Campanhas e divulgação das reformas sanitárias

- Análises de conjuntura sobre coronavírus e políticas públicas para minimizar o impacto da desigualdade social

- Vigilância e controle em tempos de pandemia

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.