O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Diretrizes para Autores

Diretrizes para os autores

A revista Dispositiva aceita contribuições de professores e pesquisadores Doutores, Doutorandos, Mestres e Mestrandos em coautoria com Doutor em Comunicação e áreas afins.

As submissões devem obedecer aos seguintes requisitos:

  • O texto em português, inglês, francês ou espanhol deve ser inédito em revista nacional. Se estiver sendo avaliado por outra revista, justificar em "Recomendações ao Editor".
  • O artigo completo deve ter até 40 000 caracteres com espaço, incluindo elementos pré e pós-textuais. As entrevistas e traduções até 10 000 caracteres, com espaço. As resenhas até 12 500 caracteres com espaço.
  • O documento deve ser formatado em Times New Roman, corpo 12,  espaçamento de 1,5 cm, recuo primeira linha (parágrafo) 1,25 cm, seguindo normas da ABNT.
  • O  resumo deve ter até 800 caracteres com espaço. Deve ser em português e  em inglês, em Times New Roman, corpo 10,  seguido por três  a  cinco palavras-chave em português e inglês, Times New Roman, corpo 10.
  • As imagens digitais, gráficos e tabelas devem ficar no corpo do texto. Além disso, devem ser enviados como documentos suplementares em formato JPG com resolução de 150 dpi.
  • O arquivo anexado deverá ser enviado em terminação doc. O tamanho limite é de 2MB.
  • Tanto os artigos assinados quanto as imagens e/ou áudio enviados são de responsabilidade do(s) autor(es) .
  • Referências bibliográficas devem vir ao final do texto; as notas de rodapé devem vir nas suas respectivas páginas de entrada. 
  • A identificação de  autoria do texto deve ser removida do arquivo e da opção Propriedades no Word para que o critério de sigilo da revista seja preservado no processo de avaliação por pares (Avaliação cega).

Dossiê: Comunicação Organizacional, Pandemia e Emergências Remotas

Práticas e estratégias de comunicação organizacional perante as emergências remotas desencadeadas pelo cenário pandêmico

Editores: Ivone de Lourdes Oliveira (PUC Minas); Daniel Reis Silva (UFMG); Mônica Fort (UTP)

Ementa:
O presente dossiê propõe a reflexão sobre as dinâmicas de Comunicação Organizacional e de Relações Públicas a partir do contexto da crise sanitária sem precedentes e das emergências remotas desencadeadas por tal cenário. A proposta está ancorada na constatação de como esse momento histórico exigiu e exige renovadas formas de atuação pública por parte de organizações das mais diversas naturezas, ocasionando a adoção de novas lógicas de trabalho e de interação.

Do ponto de vista do trabalho, a emergência sanitária conduziu grande parte das atividades laborais ao regime remoto. Face à necessidade de isolamento social, os espaços de trabalho passaram a ser compartilhados com o ambiente doméstico e de lazer, forçando rearranjos nas atividades e afetando tanto a produtividade e o controle organizacional quanto a preservação física e mental dos sujeitos. Mais ainda, esse momento parece marcar uma aceleração significativa nos processos de precarização do trabalho e na ampliação da vulnerabilidade dos sujeitos perante dinâmicas de uma economia neoliberal.

De outra perspectiva, o cenário pandêmico intensificou os desafios da atuação pública e política de organizações perante um ambiente em crise pautado por lógicas de um ambiente digital cada vez mais marcado por grandes plataformas. Seja visando estabelecer e manter interações com públicos cada vez mais fragmentados e acelerados, seja enfrentando o desafio de modulação de sua visibilidade perante um cenário polarizado de disputas entre narrativas políticas, científicas e sociais diversas, as organizações foram levadas a repensar suas estratégias comunicacionais perante as emergências remotas e o contexto contemporâneo.

Assim, o dossiê convida pesquisadores a explorarem criticamente aspectos desse cenário de tensionamentos nas práticas de comunicação organizacional. Algumas temáticas de interesse:

  • Práticas e estratégias de comunicação organizacional perante o cenário pandêmico e as emergências remotas por ele desencadeadas;
  • O trabalho remoto, suas dinâmicas de gestão e dilemas para a comunicação organizacional;
  • Os processos de precarização do trabalho e suas interfaces comunicacionais;
  • A vulnerabilidade de sujeitos e públicos frente ao cenário pandêmico e às práticas organizacionais;
  • Estratégias de modulação de visibilidade de organizações em cenários de crise;
  • Atuação pública de organizações no cenário contemporâneo;
  • Estratégias de relacionamentos com públicos e em cenários polarizados;
  • Comunicação Organizacional e plataformas;
  • Campanhas organizacionais no contexto de emergências remotas.

Prazo para envio de artigos: 15 de setembro de 2022

Previsão de publicação: dezembro de 2022

ARTIGOS

Aceita artigos inéditos em periódicos nacionais na área de Comunicação Social escrito por doutores, doutorandos e mestres. Mestrandos podem submeter trabalhos desde que em coautoria com doutores.

O trabalho deve ter até 40 000 caracteres com espaço; em Times New Roman, corpo 12, espaço de 1,5 cm. Enviar resumo em português e  em inglês, em Times New Roman, corpo 10  com  até  800 caracteres com  espaço. Ele deve ser acompanhado por três a cinco palavras-chave em inglês e português.

TRADUÇÃO

Seção destinada a receber texto inédito em português que contribua com reflexões relacionadas à linguagem e mediação sociotécnica assim como  à midiatização e processos de interação.

A tradução  deve ter até 10 000 caracteres, com espaço, em Times New Roman, corpo 12, espaço de 1,5 cm. Enviar resumo em português e em inglês, em Times New Roman, corpo 10, com até 800 caracteres com  espaço.

ENTREVISTA

Tem o objetivo de  dialogar com pesquisadores e pensadores. É um espaço  para discussão de idéias que contribuam para a compreensão e análise das produções veiculadas tanto pelos sistemas midiáticos  já estabelecidos quanto por outras experiências alternativas de criação e distribuição.

As entrevistas devem ser em português e ter  até 10 000 caracteres com espaço. Resumo em português e  em inglês, em Times New Roman, corpo 10, com até 800 caracteres com  espaço.

REVIEW

Acolhe trabalhos críticos sobre publicações recém-lançadas em português, inglês, francês ou espanhol. Espera-se que o autor-resenhista discuta e aprofunde a reflexão apresentada no trabalho avaliado.

A resenha deve ter até 12 500 caracteres com espaço,  resumo em português e  em inglês, em Times New Roman, corpo 10, com até 800 caracteres com  espaço.

DISSERTAÇÕES

Dissertações defendidas no Programa de Pós-graduação em  Comunicação Social da Faculdade de Comunicação e Artes da PUC Minas no semestre anterior ao da publicação da edição vigente.

PALAVRA

A seção Palavra abre espaço, a cada edição da Dispositiva, para que um autor aborde, em modo de verbete, um conceito, noção, uma ideia.  Assim, os verbetes expressos nesta seção podem referir-se a aspectos direta ou indiretamente associados ao campo comunicacional a partir de perspectivas, abordagens, associações e articulações nocionais propostas pelos autores.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.